Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil metabolômico das fezes associado ao consumo alimentar residual de touros Gir

Processo: 21/08234-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Lenira El Faro Zadra
Beneficiário:Maria Fernanda Lourenço Sercundes
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Assunto(s):Melhoramento animal   Consumo de alimentos   Metabólitos   Regressão linear   Bos taurus indicus

Resumo

O presente projeto objetivo explorar o perfil metabolômico das fezes de touros Gir no intuito de compreender o fenótipo de consumo alimentar residual. Para tanto, serão utilizadas informações de bovinos submetidos ao teste de eficiência alimentar no ano de 2020. Deste modo, foram utilizados 20 touros da raça Gir com idade média de 11 meses (± 330 dias), pertencentes da Associação Brasileira dos Criadores de Gir (ASSOGIR) e do Programa Nacional de Fomento e Melhoramento Genético para Produção de Carne da Raça Gir (CARNEGIR). Os bovinos permaneceram durante 77 dias no confinamento, sendo 21 dias para adaptação a dieta/instalação e 56 dias de teste propriamente dito. A baia foi equipada com cochos e balanças eletrônicas, para avaliar os fenótipos de consumo de matéria seca (CMS, kg/dia), ganho de peso diário (GPD, kg/dia) e peso vivo metabólico (PVM, kg). No início e final da prova, as fezes foram coletadas da ampola retal de cada bovino para os ensaios de metabolômica por meio da Ressonância Magnética Nuclear (1H RMN). O consumo alimentar residual (CAR, kg MS/dia) será calculado por meio da regressão linear do CMS em GPD e PVM. Os metabólitos serão identificados, quantificados e associados ao fenótipo, no intuito de avaliar as vias metabólicas e elucidar os mecanismos envolvidos no CAR. Contudo, o projeto utilizará novas tecnologias com a finalidade de identificar biomarcadores para a eficiência alimentar, o que poderá auxiliar no processo de seleção animal para produção de carne, além de modificar e aprimorar o potencial genético da raça Gir. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)