Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do Losartan sobre a funcionalidade e a produção de superóxido induzida por palmitato em células INS1-E

Processo: 21/10239-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2021
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Aparecida Emiko Hirata
Beneficiário:Beatriz Lemos Felismino da Silva
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Diabetes mellitus   Angiotensina II   Insulina   Espécies de oxigênio reativas   Superóxidos   Losartan   Estudo clínico

Resumo

É sabido que o processo de secreção de insulina induzido pela glicose pode ser acompanhado por aumento na geração de espécies reativas de oxigênio (EROs). Esse aumento, pelo menos em parte, pode ser atribuído a ação da enzima NAD(P)H oxidase. Tem sido demonstrado que ilhotas pancreáticas expressam os componentes da enzima NAD(P)H oxidase a qual participa no processo de secreção de insulina induzido pela glicose. Muitos estudos têm demonstrado que altas concentrações de glicose (glicotoxicidade) e ácidos graxos (lipotoxicidade) comprometem a funcionalidade da célula pancreática por mecanismos que envolvem a produção de EROs, sugerindo que este seja talvez um dos fatores determinantes para o desenvolvimento do diabetes. Diversos estudos clínicos têm demonstrado que indivíduos hipertensos tratados com o inibidor do receptor da Angiotensina II (Ang II) e/ou o inibidor da Enzima Conversora de Angiotensina (ECA) apresentam menor incidência no desenvolvimento do Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2) quando comparados ao tratamento com outros agentes anti-hipertensivos. Sabe-se também que a Ang II, através de seu receptor AT1, é capaz de estimular a enzima NAD(P)H oxidase e que a produção de EROS antagoniza os efeitos da insulina. Desta forma, o objetivo deste projeto é avaliar efeito do Losartan sobre funcionalidade e a produção de superóxido induzida por palmitato em células INS1-E. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)