Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias de luta por acesso à saúde: a resistência na Reforma Sanitária Brasileira e no ACT-UP Nova Iorque

Processo: 21/08714-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 11 de janeiro de 2022
Vigência (Término): 10 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Salvador Antonio Mireles Sandoval
Beneficiário:André Luis Leite de Figueirêdo Sales
Supervisor no Exterior: Eduardo Crisogono Grangeiro de Velloso Vianna
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: City University of New York (CUNY), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:20/05067-0 - Avanços conceituais em psicologia política: militância, ativismo e resistência, BP.PD
Assunto(s):Psicologia política   Movimentos sociais   Ativismo   Militância   Resistência   Brasil

Resumo

Resistência é uma ideia comumente usada por movimentos sociais para criar e dirigir ações coletivas. Contudo, ela cumpre funções distintas em diferentes estratégias de mobilização e ação. Essa pesquisa vai investigar comparativamente a Reforma Sanitária Brasileira e a AIDS Coalition to Unleash Power (ACT-UP) New York para compreender com maior precisão as estratégias militante e ativista. O estágio no Graduate Center da Universidade da Cidade de Nova Iorque (CUNY) é uma etapa crucial para a análise dos sentidos e funções desempenhadas pela noção de resistência em movimentos sociais baseados no Brasil e nos Estados Unidos. Os objetivos do estágio são a) coleta de dados; b) capacitação metodológica; c) consolidação de parcerias institucionais. Durante o estágio, o candidato acessará os arquivos históricos do ACT-UP disponíveis na Biblioteca Pública da Cidade de Nova Iorque, na Biblioteca da New York University e no Museu da Cidade de Nova Iorque. Além disso, ele participará das reuniões semanais do movimento e interagirá com membros antigos e atuais do mesmo. Digital Humanities (DH) é um campo interdisciplinar interessado no uso das ferramentas computacionais nas Ciências Sociais. O Programa de Mestrado em DH no Graduate Center oferece a seus alunos o treinamento técnico para uso das ferramentas digitais e também os convida a pensar criticamente sobre esses recursos. O candidato frequentará cursos do programa em DH durante o estágio. Em pesquisa anterior financiada pela FAPESP, o candidato alinhavou conclusões da sociologia culturalista, estudos sobre movimentos sociais e teorias sobre desenvolvimento humano para explorar a construção da agência dos sujeitos em movimentos sociais. Ele fez isso baseando-se nos trabalhos dos professores James Jasper e Anna Stetsenko. Esses professores pertencem ao quadro do Graduate Center, têm apoiado a carreira do candidato ao longo dos últimos anos, e receberão o candidato por 12 meses na condição de Pesquisador Visitante nos Programas de Sociologia e de Educação Urbana. Por fim, o estágio consolidará parcerias em curso entre a PUC/SP e a CUNY. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)