Busca avançada
Ano de início
Entree

Jovens, projeto de vida, direitos humanos e perspectivas de futuro

Processo: 21/08900-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Joyce Mary Adam
Beneficiário:Janaina Cristina Bortolin
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/06054-9 - Jovens, projeto de vida, direitos humanos e perspectivas de futuro, AP.EP
Assunto(s):Jovens   Adolescentes   Ensino fundamental   Ensino médio   Ensino fundamental e médio   Futuro   Perspectiva

Resumo

Este projeto de pesquisa tem como objetivo geral fazer um estudo longitudinal de 2 anos sobre a construção do projeto de vida de jovens e adolescentes no contexto do ensino médio e fundamental. A trajetória dos jovens e adolescentes e a construção identitária dos mesmos são aspectos importantes a serem considerados, assim como as ações que podem ser propostas pelas instituições envolvidas nesse trabalho. Como objetivos específicos, propõe-se: - Mapear as ações desenvolvidas por escolas e outras redes de apoio para a elaboração do projeto de vida de estudantes do ensino médio e de ensino fundamental como a questão da identidade e direitos humanos se encontra presente nesse processo. - Pesquisar quem são, como vivem e quais são as questões, angústias, expectativas e projetos dos jovens e adolescentes participantes da pesquisa. - Acompanhar as propostas de construção de projetos de vida de jovens e adolescentes a partir das ações desenvolvidas nas escolas e em outras instituições que trabalham com os mesmos, mapeando as parcerias e redes de proteção possíveis, durante os 2 anos da pesquisa. - Realizar curso de aperfeiçoamento para escolas e profissionais das instituições participantes da pesquisa com a finalidade de aprimorar seu trabalho junto aos jovens e adolescentes. A abordagem teórica na qual se apoiarão as análises e ações do presente projeto são estudos relacionados à construção biográfica e identitária de jovens e adolescentes com vistas à construção de um projeto de vida e as determinantes do contexto social, político e econômico nesse processo, assim como os estudos sobre direitos humanos no Brasil e mundialmente. Metodologia da Pesquisa. Delimitação da pesquisa: * Como universo de participantes da pesquisa propõe-se: a) grupos de 10 jovens e adolescentes que frequentam uma escola pública de ensino médio de tempo integral de Rio Claro/SP, que tem como uma das atividades curriculares o módulo de elaboração do projeto de vida e profissional. b) 10 jovens que frequentam uma escola de ensino médio regular público, na cidade de Rio Claro/SP, que passarão a ter o componente curricular projeto de vida a partir do ano de 2020 (proposta do governo do estado de São Paulo); c) 10 jovens imigrantes, acolhidos pela instituição CRAI (Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes de São Paulo) * ou que estejam frequentando o ensino médio; d) um grupo de jovens em conflito com a lei e que frequentam escola pública de EJA em Rio Claro e que são acompanhados pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social e Secretaria Municipal de Rio Claro. Com respeito à metodologia de pesquisa propõe-se: Realização de grupos de discussão com os adolescentes e jovens participantes da pesquisa, a cada semestre. Esses encontros terão a finalidade de promover discussões sobre a vida, as expectativas, sonhos e o contexto real de vida de cada grupo, assim como os processos de construção da identidade desses jovens e adolescentes. Quando for necessário serão realizadas entrevistas individuais para aprofundar determinadas temáticas que se mostrarem relevantes durante os grupos de discussão. Nos grupos serão abordadas também as ações voltadas para a construção do projeto de vida, tanto as que já estão em prática como as que poderão ser propostas no processo. Como coadjuvante aos grupos de discussão a pesquisa propõe também realizar a metodologia do visual-voice. A proposta da metodologia do visual voice (Cremin & Mason, 2013) pressupõe que a partir de fotografia, imagens e outras mídias visuais os envolvidos na pesquisa tenham oportunidade de se expressar e expressar sentimentos em relação a situações vivenciadas em seu cotidiano. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)