Busca avançada
Ano de início
Entree

Filogenia molecular e classificação do gênero Heteragrion Selys (Odonata: Heteragrionidae)

Processo: 19/26438-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Pitágoras da Conceição Bispo
Beneficiário:Diogo Silva Vilela
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):DNA   Filogenia molecular   Libélulas

Resumo

A ordem Odonata, embora seja um dos grupos de insetos melhor estudados quanto à suataxonomia, possui ainda muitos problemas recorrentes. Por exemplo, a falta de estabelecimento de caracteres diagnósticos confiáveis e chaves de identificação para ambos os sexos, táxons descritos erroneamente a partir de caracteres de coloração, diagnose taxonômica incerta para fêmeas, além de grupos que nunca foram analisados filogeneticamente. Em uma recente filogenia para a subordem Zygoptera, foi feita uma extensa reconstrução filogenética que propôs uma reclassificação para alguns grupos. Famílias como Megapodagrionidae foram consideradaspolifiléticas e tiveram vários gêneros reposicionados em novas famílias ou em nomesreinstaurados. Dentre os grupos reclassificados, Heteragrionidae foi proposto como uma família, contendo dois gêneros: Heteragrion Selys e Oxystigma Selys. Dentre esses dois gêneros, Heteragrion foi revisitado apenas em uma ocasião cem anos atrás e, embora algumas espécies tenham sido tratadas por Lencioni (2013), o gênero ainda não foi revisado e, portanto carece de uma reavaliação taxonômica e filogenética. Neste projeto, objetiva-se realizar o tratamento taxonômico de todas as espécies do Grupo A de Heteragrion e propor a primeira filogenia molecular para o grupo. Esta revisão incluirá: i. a análise e caracterização morfológica dos cercos dos machos; ii. a análise da relação comprimento/largura da cabeça e sua relação com os agrupamentos propostos por Selys (1862) e Lencioni (2013); iii. descrição do intersternito, morfologia do lobo posterior e válvulas genitais para as fêmeas, definindo caracteres diagnósticos que permitam sua identificação na ausência de machos; iv. a filogenia molecular através dos genes mitocondriais 16S e COI e do gene nuclear 28S incuindo a maior parte das espécies do Grupo A e parte das espécies do Grupo B e do gênero Oxystigma Selys. Assim, será possível: 1) testar as monofilias de Heteragrion, dos grupos A e B; 2) revelar possíveis sinonímias em espécies descritas baseadas em caracteres de coloração; 3) diminuir o gap de informações moleculares dentro da subordem; 4) apresentar uma chave de identificação ilustrada para ambos os sexos, nunca elaborada para espécies do Grupo A. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VILELA, DIOGO SILVA; JUNIOR, MANOEL DALTRO NUNES GARCIA; FURIERI, KARINA S.; LENCIONI, FREDERICO A. A. Leptagrion jeromei (Odonata: Coenagrionidae) spec. nov. from Brazil, with notes on L. andromache Hagen in Selys, 1876. Zootaxa, v. 5068, n. 2, p. 240-246, NOV 16 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.