Busca avançada
Ano de início
Entree

Metabolômica como uma poderosa abordagem para elucidar os mecanismos de ação dos químicos ambientais do Rio Doce em embriões de peixes brasileiros

Processo: 20/14688-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 04 de janeiro de 2022
Vigência (Término): 30 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Denis Moledo de Souza Abessa
Beneficiário:Flávia Yoshie Yamamoto
Supervisor no Exterior: Roma Tauler
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Local de pesquisa: Instituto de Diagnóstico Ambiental y Estudios del Agua (IDAEA), Espanha  
Vinculado à bolsa:16/15229-1 - Avaliação da toxicidade dos poluentes presentes no Rio Doce após rompimento da Barragem do Fundão (MG) através de diferentes biomarcadores em peixes, BP.PD
Assunto(s):Ecotoxicologia

Resumo

As atividades de mineração têm uma longa história de impacto em ambientes aquáticos, como a Bacia do Rio Doce (DRB), no Brasil. Após o rompimento da barragem de Fundão (MG), altas concentrações de metais em água e sedimentos da DRB foram relatadas, e algumas permanecem acima dos padrões legais mesmo após 4 anos. Efluentes domésticos e industriais e o escoamento de pesticidas da agricultura liberaram produtos químicos orgânicos para este corpo d'água, resultando em misturas complexas com metais. Nenhum estudo anterior investigou a co-ocorrência de contaminantes orgânicos e seus potenciais efeitos toxicológicos na DRB. Além disso, seus mecanismos de toxicidade em organismos aquáticos são obscuros, dificultando a distinção de efeitos desencadeados por contaminantes orgânicos daqueles induzidos por metais. Para desvendar mecanismos de toxicidade, a metabolômica LC-HRMS pode ser uma abordagem poderosa em estudos de monitoramento em campo, ajudando a compreender respostas biológicas a estressores ambientais. Este estudo tem como objetivo investigar mecanismos de toxicidade de produtos químicos ambientais da DRB utilizando uma abordagem metabolômica LC-HRMS abrangente em embriões de peixes (Rhamdia quelen) expostos a misturas químicas, a fim de distinguir respostas induzidas por produtos químicos inorgânicos e orgânicos. Os embriões de peixes serão expostos por 96h a 6 grupos de tratamento, considerando misturas de produtos químicos inorgânicos (mesmas concentrações detectadas na DRB), produtos químicos orgânicos extraídos de sedimentos da DRB e misturas complexas de produtos químicos inorgânicos e orgânicos. As exposições ocorrerão no Brasil e as amostras serão transportadas para a Espanha para análise de LC-HRMS para elucidar mecanismos de toxicidade, incluindo estresse oxidativo e possíveis vias de desregulação endócrina. Os resultados ajudarão a identificar e distinguir efeitos de diferentes classes de produtos químicos ambientais quando combinados como misturas complexas, não apenas na DRB, mas também em outros ecossistemas aquáticos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)