Busca avançada
Ano de início
Entree

Mallarmé no século XXI: a crise, a relação e a ausência da (re)tradução

Processo: 21/09448-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de fevereiro de 2022
Vigência (Término): 14 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Estrangeiras Modernas
Pesquisador responsável:Álvaro Silveira Faleiros
Beneficiário:Caroline Pessoa Micaelia
Supervisor: Jean-Nicolas Illouz
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Université Vincennes Saint-Denis (Paris 8), França  
Vinculado à bolsa:19/26245-6 - Um Mallarmé do século XXI (ou Para ler a (re)tradução como relação e como crise), BP.DR
Assunto(s):Estudos da tradução   Tradução   Pesquisa bibliográfica   Século XXI   França (país)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Crise | estudos mallarmeanos | Recepção | relação | (re)tradução | Stéphane Mallarmé | Estudos da Tradução

Resumo

Este projeto de pesquisa na França foi concebido como uma etapa crucial de nossa pesquisa, a qual culminará na tese Um Mallarmé do século XXI (ou Para ler a (re)tradução como relação e como crise). De fato, ele nos dará acesso a um material de pesquisa selecionado previamente, composto por obras inexistentes, inacessíveis ou muito dificilmente encontradas no Brasil. Trata-se de uma bibliografia cujos títulos fundamentais compreendem, de uma parte, alguns raros trabalhos de crítica mallarmeana ancorados na (re)tradução ou em uma abordagem tradutória, o que nos ajudará a verificar o alcance de nossa hipótese quanto à ausência dessa perspectiva no seio dos estudos mallarmeanos do século XXI. De outra parte, há entre esses títulos um conjunto de trabalhos recentes, publicados ao longo das duas primeiras décadas do século XXI, os quais, segundo supomos, operam sob o signo da crise e da relação sem quase nunca fazer menção à (re)tradução ou a assuntos relativos a essa área - eis uma outra hipótese que buscaremos verificar. A essas referências um pouco mais específicas vêm se juntar trabalhos complementares de interesse global, muito úteis para nossa reflexão a respeito de outras problemáticas (o percurso dos estudos mallarmeanos, a recepção de Mallarmé, seus escritos em prosa e as respectivas (re)traduções, sua escrita tardia, entre outros). Nosso objetivo maior consiste, portanto, em percorrer, investigar e estudar as 303 obras que compõem esse material, a partir das coleções da Biblioteca Nacional da França, da Biblioteca de Paris VIII, das Bibliotecas Jacques Doucet e Sainte Geneviève, e da Biblioteca da Sorbonne. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)