Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação pré-clínica da segurança e eficácia da molécula ácido 5-aminolevulínico (5-ala) como facilitador da ressecção cirúrgica de gliomas

Processo: 21/09774-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2021
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Catarina Raposo Dias Carneiro
Beneficiário:Thayná Fernanda Fonseca
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Neurocirurgia   Neoplasias   Desenvolvimento de fármacos   Glioblastoma   Avaliação pré-clínica de medicamentos

Resumo

Gliomas correspondem a aproximadamente 80% dos tumores cerebrais primários malignos em adultos. O subtipo glioblastoma (grau IV), altamente infiltrante e agressivo, corresponde a uma sobrevida média dos pacientes em torno de 15 meses após o diagnóstico. Os avanços no conhecimento de novas opções terapêuticas ainda não melhoraram significativamente a sobrevida desses pacientes, que são tratados atualmente utilizando ressecção cirúrgica, radioterapia adjuvante e quimioterapia. Atualmente, o grau da ressecção cirúrgica corresponde ao principal fator prognóstico, proporcionando maior sobrevida global aos pacientes que se submeteram à ressecção cirúrgica superior a 78% da área tumoral. Apesar dos avanços, a dificuldade de distinção das margens limítrofes correspondentes à porção tumoral, em relação ao tecido cerebral saudável, pelo neurocirurgião ainda é um grande desafio. Nesse sentido, a cirurgia guiada por fluorescência para gliomas malignos, com a utilização do ácido 5-aminolevulínico (5-ALA), se tornou padrão-ouro em diversos países. O 5-ALA, administrado ao paciente previamente à cirurgia, produz fluorescência na porção tumoral, detectável utilizando um dispositivo apropriado, permitindo auxílio durante a ressecção de gliomas malignos por facilitar a visualização da área tumoral em relação à margem tecidual saudável. Apesar dos benefícios, o custo da utilização do método, tanto em relação ao valor da produção da substância 5-ALA, quanto a compra dos equipamentos específicos para sua visualização, são inacessíveis para boa parte da população, especialmente em sistemas públicos de saúde dos países em desenvolvimento, como o Brasil. Nesse sentido, o presente projeto faz parte de uma linha investigativa proveniente de uma parceria entre pesquisadores da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF/UNICAMP) e a equipe de neurocirurgia do Hospital da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, que visa produzir e sintetizar o 5-ALA por uma via de baixo custo e com tecnologia nacional, para ser administrado em pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS). Dentro desse objetivo maior, as análises do presente projeto constituirão as etapas pré-clínicas do estudo, avaliando a segurança e a eficácia do 5-ALA sintetizado na FCF em modelo murino. O projeto visa auxiliar no desenvolvimento de um composto de baixo custo e de uso viável em pacientes do SUS, contribuindo com um bom prognóstico e aumento na qualidade de vida desses pacientes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)