Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação de métodos de cofilogenia na análise de padrões de associação histórica entre monogenóideos e seus bagres marinhos (Siluriformes: Ariidae) na costa brasileira

Processo: 21/07380-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2021
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Recursos Pesqueiros Marinhos
Pesquisador responsável:Edson Aparecido Adriano
Beneficiário:Geusivam Barbosa Soares
Supervisor no Exterior: Juan Antonio Balbuena Diaz-Pines
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universitat de València, Espanha  
Vinculado à bolsa:17/17531-0 - Taxonomia integrativa, filogenia e coevolução de monogenóideos (Platyhelminthes: Cercomeromorpha) parasitos de Ariidae (Osteichthyes: Siluriformes) da costa brasileira, BP.DR
Assunto(s):Ariidae

Resumo

Os estudos coevolutivos visam testar hipóteses específicas para compreender os padrões de associações históricas entre parasitas e seus hospedeiros. O sistema peixes-monogenóideos fornecem um modelo interessante para associações históricas devido à sua alta especificidade. Portanto, o objetivo do presente projeto é verificar se a relação entre Chauhanellus spp. e Hamatopeduncularia spp. e seus hospedeiros ariídeos ao longo da costa brasileira podem ser explicados por meio de processos de coespeciação. Doze espécies de bagres marinhos e 10 espécies de monogenóideos serão estudadas no presente trabalho. Sequências parciais de DNA dos genes RAG2 e Cytb dos hospedeiros e dos genes 28S rDNA, ITS1, 5.8S e ITS2 das espécies de parasitas serão utilizadas para reconstrução filogenética. Árvores filogenéticas de Máxima Verossimilhança e Inferência Bayesiana das espécies hospedeiras e parasitas serão construídas e utilizadas para análises de congruência topológica comparando a eficácia dos métodos Abordagem Procusteana para Copilogenia (PACo) e Partições Tanglegram Aleatórias (Random TaPas) para avaliar o papel da cospeciação na diversificação dessas espécies, em oposição a eventos de duplicação e troca de hospedeiro.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)