Busca avançada
Ano de início
Entree

Fisioterapeutas brasileiros utilizam instrumentos de avaliação baseados no relato dos pacientes (Patient Reported Outcome Measures - PROMs) em sua prática clínica? Um estudo tipo survey online

Processo: 21/02794-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Thaís Cristina Chaves
Beneficiário:Georgia Steiner de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Dor musculoesquelética   Qualidade de vida   Prática clínica   Inquéritos e questionários

Resumo

Os Patient Reported Outcome Measures (PROMs) são instrumentos de auto relato utilizados para coletar aspectos subjetivos sob a perspectiva do próprio paciente, relacionados aos sintomas, qualidade de vida, estado funcional, valores, preferências, metas para cuidados de saúde, características sociodemográficas e, histórico prévio. Além disso apresenta grande importância na prática clínica, como identificação de problemas que poderiam passar despercebidos, padronização das avaliações, acompanhamento dos resultados do tratamento ao longo do tempo e, na avaliação da eficácia das intervenções. O presente estudo tem como objetivo principal investigar o uso de instrumentos do tipo PROM entre fisioterapeutas brasileiros que atuam com pacientes com condições crônicas musculoesqueléticas, assim como identificar os PROMs mais utilizados entre fisioterapeutas brasileiros, identificar a percepção dos profissionais sobre seu conhecimento, preparo e autoeficácia para utilizar os PROMs entre fisioterapeutas brasileiros, identificar as principais barreiras e facilitadores para uso dos PROMs na prática clínica entre fisioterapeutas brasileiros e, investigar a frequência do uso de testes clínicos e funcionais entre fisioterapeutas brasileiros. O estudo será realizado por questionário online através da ferramenta Formulários Google. O formulário será composto por 4 etapas: caracterização da amostra; detalhamento dos PROMs e testes clínicos/funcionais mais utilizados; barreiras e facilitadores; crenças. A amostra de participantes será fisioterapeuta brasileiros que estejam atuando há pelo menos 2 anos na prática clínica e que tenham experiência no atendimento a pacientes com condições musculoesqueléticas crônicas com frequência semanal de pelo menos 8 horas. Estatística descritiva será utilizada (média, desvio-padrão), bem como análises dos dados em porcentagens e frequências. Análise de qui-quadrado (p<0,05) serão utilizadas para comparar diferenças entre porcentagens. O software SPSS (IBM, versão 22) será utilizado para análises estatísticas de subgrupos.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)