Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos potenciais impactos ambientais da destinação de lodos de LETa: estudo de caso: municípios paulistas da bacia do Vale do Paraíba

Processo: 21/03070-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 30 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Básico
Pesquisador responsável:Fabiana Alves Fiore Pinto
Beneficiário:Ana Carolina Brants Menezes
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Gestão de recursos hídricos   Impactos ambientais   Crescimento populacional   Resíduos sólidos   Relatos de casos   Pesquisa aplicada   Vale do Paraíba

Resumo

O crescimento populacional estimula a ampliação dos serviços de abastecimento de água e, consequentemente, a produção de lodos nas Estação de Tratamento de Água (LETAs). Devido às suas características físico-químicas, o descarte sem tratamento desses lodos é prejudicial ao meio ambiente. Apesar disto, no Brasil, a prática comum da maioria destas estações é o lançamento de LETAs, sem qualquer tratamento prévio, sobretudo em corpos hídricos e aterros, com agravos ambientais e econômicos. A mudança do cenário atual de destinação dos lodos de ETAs, no país, é uma obrigatoriedade legal para que pode contribuir para a minimização da poluição dos solos e a manutenção da qualidade das águas superficiais para seus usos múltiplos. Assim sendo, o presente projeto se propõe a avaliar os potenciais impactos ambientais da destinação de LETAs nos 34 municípios paulistas da bacia do Vale do Paraíba, pertencentes a Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos Paraíba do Sul (UGRHI 2). Trata-se de uma pesquisa aplicada descritiva com análise de dados quanti-qualitativos, com os dados secundários obtidos em diversas plataformas e os dados primários obtidos a partir de pesquisa Survey com os gestores públicos municipais. Para o alcance de seus objetivos, a pesquisa contará com o apoio da Agência de Bacias (AGEVAP). A presente pesquisa corrobora com o avanço do conhecimento científico sobre os LETAs e também contribui para o estabelecimento de uma linha de base tecnológica para novos avanços científicos, tendo em vista a análise das possíveis estratégias para o uso sustentável do lodo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)