Busca avançada
Ano de início
Entree

Novas estratégias de recuperação de perfis provenientes de rádio ocultação GNSS considerando a atmosfera brasileira

Processo: 21/05285-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geodésia
Pesquisador responsável:Daniele Barroca Marra Alves
Beneficiário:Gabriel Oliveira Jerez
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Atmosfera neutra   Ionosfera

Resumo

A rádio ocultação (RO) GNSS (Global Navigation Satellite Systems) permite investigações da atmosfera terrestre. Os sinais propagados dos satélites GNSS até os receptores embarcados nos satélites LEO (Low Earth Orbiting) sofrem diferentes tipos de influência da atmosfera. A partir do sinal coletado é possível calcular o índice de refração e, com isso, recuperar perfis de temperatura, pressão, umidade e densidade de elétrons. Por apresentar homogeneidade de distribuição, os perfis obtidos com a RO são especialmente importantes quando se consideram cenários como da atmosfera brasileira. Devido à sua localização, em região de intensa atividade ionosférica e dimensões continentais com a presença da floresta amazônica, que acarreta significativas variações regionais e sazonais, o Brasil possui uma complexa e dinâmica atmosfera. No entanto, nas metodologias relacionadas à recuperação de perfis atmosféricos provenientes de RO são empregadas algumas generalizações e estratégias específicas de configuração. Em geral, as estratégias adotadas consideram características globais, porém, visando melhorias em cenários específicos, o uso de estratégias regionais pode conduzir a resultados mais realísticos. Neste contexto, o presente trabalho tem por objetivo investigar e desenvolver metodologias e estratégias de recuperação de perfis atmosféricos provenientes de RO, considerando as especificidades da atmosfera brasileira. Em relação à atmosfera neutra, outra contribuição pretendida é o desenvolvimento de uma estratégia de processamento de perfis atmosféricos que contribua na identificação de eventos extremos, como de precipitação. A partir dos produtos obtidos com esta pesquisa, modelos ionosféricos e de previsão numérica do tempo, que se utilizam de dados de RO, poderão se beneficiar com a inclusão de perfis mais acurados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)