Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação clínica da atividade cicatrizante de pomada contendo própolis verde em pacientes com úlceras em membros inferiores decorrentes da Hanseníase

Processo: 21/08102-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Giovanna Barbarini Longato
Beneficiário:Ian Lucas de Souza Bueno
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Assunto(s):Enfermagem em saúde pública   Hanseníase   Úlcera   Própolis   Cicatrização   Avaliação clínica   Análise morfológica   Estudo clínico

Resumo

A Hanseníase é uma doença infectocontagiosa de evolução crônica, sendo o seu agente etiológico o Mycobacterium leprae que apresenta afinidade por células do sistema nervoso periférico e pode provocar deformidades primárias ao comprometer fibras sensitivas, motores e autônomos, acarretando diminuição ou ausência da sensibilidade, paralisia e amiotrofia. Secundariamente a este dano nervoso podem ocorrer calosidades, fissuras e úlceras. As úlceras cutâneas constituem uma importante complicação consequente da neuropatia nos pacientes hansenianos. Essas lesões devem ser abordadas e devidamente prevenidas, pois constituem porta de entrada para infecções que podem se agravar e conduzir o paciente a complicações graves e até mesmo à amputação. Existem diversos tratamentos eficazes para o tratamento das úlceras cutâneas, porém de extrema dificuldade de aquisição devido o alto custo. Em meio às terapias alternativas, os produtos naturais vêm sendo amplamente utilizados, por suas propriedades terapêuticas, disponibilidade e o baixo custo. Entre estes produtos, a própolis apresenta grande aceitação devido às suas propriedades terapêuticas. Desta forma, este trabalho tem como objetivo investigar o efeito cicatrizante de pomada contendo própolis verde em úlceras em membros inferiores de pacientes com sequelas da hanseníase. Para tanto, será realizado clínico, cego, controlado e randomizado, nas dependências do ambulatório de tratamento de feridas/curativos da Associação Filantrópica Humanitas localizada em São Jerônimo da Serra no estado do Paraná. O estudo contará com 40participantes de pesquisa e terá duração de 60 dias, sendo os participantes da pesquisa acompanhados por avaliações semanais no local do estudo, totalizando 9 (nove) avaliações. Para análise da evolução do quadro, será realizada a análise morfológica da lesão pela técnica de decalque, por fotografia, bem como pela mensuração por paquímetro. A fim de investigar o papel da própolis no processo inflamatório relacionado à cicatrização de úlceras, citocinas pró e anti-inflamatórias serão mensuradas no sobrenadante do exsudato. Cabe ressaltar que não existem dados clínicos acerca do potencial cicatrizante da própolis verde em úlceras decorrentes da Hanseníase, o que torna este estudo inédito. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)