Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de compósitos cerâmicos à base de BaSn (1-x)Ti(x)O3 na forma de pós e bulks visando aplicações ópticas e elétricas

Processo: 21/08648-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 30 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Miguel Ángel Ramírez Gil
Beneficiário:Marcos Henrique da Silva Silvestre
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07296-2 - CDMF - Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais, AP.CEPID
Assunto(s):Materiais não metálicos   Materiais cerâmicos   Propriedades ópticas   Difração por raios X   Espectroscopia Raman   Microscopia eletrônica de varredura   Espectroscopia de impedância

Resumo

O avanço científico e tecnológico na atualidade cresce junto a demandas de materiais multifuncionais com propriedades aprimoradas. Uma das estratégias adotadas pelos pesquisadores e relatadas na literatura para a potencialização das propriedades de um material é a síntese de compósitos ou sistemas que partem da ideia de substituição de íons. A classe dos estanatos e titanatos vêm recebendo boa atenção por parte dos pesquisadores por conta de suas multifuncionalidades. A aplicação desses materiais é ampla por apresentarem boas propriedades ópticas, dielétricas, piezoelétricas, entre outras. O BaSnO3 (BSO) e BaTiO3 (BTO) recebem grande destaque quando comparados a outros materiais dessa classe por apresentarem uma excelente atividade fotocatalítica (BSO puro e BTO dopado), boas propriedades dielétricas (BSO e BTO), ferroelétricas e piezoelétricas (BTO). O objetivo desse trabalho é avaliar a influência da substituição dos íons Sn4+ por Ti4+ no sistema cerâmico BaSn(1-x)Ti(x)O3 (BSTO) na forma de pós e bulks, para valores de x = 0,0; 0,05; 0,10; 0,15 e 0.20 tendo em vista que esses sistemas tem sido pouco explorados na literatura quanto as suas propriedades ópticas (fotoluminescente e fotocatalítica), dielétricas e não-ôhmicas. Os pós cerâmicos serão sintetizados pelo método de reação em estado sólido e, partindo desses, será possível sinterizar os bulks em forno convencional em temperaturas adequadas. A (micro)estrutura dos pós do sistema cerâmico será investigada por difratometria de raios X (DRX), espectroscopia Raman e ultravioleta visível (UV-vis) e microscopia eletrônica de varredura (MEV), e as propriedades ópticas serão investigadas por meio da avaliação da resposta fotoluminescente e fotocatalítica. Os bulks cerâmicos serão caracterizados quanto sua estrutura por DRX e MEV. As técnicas de espectroscopia de impedância (EI) e medidas de corrente-tensão (I-V) serão usadas para determinar o comportamento dielétrico e não-ôhmico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)