Busca avançada
Ano de início
Entree

Qual EFT: SMEFT ou HEFT

Processo: 21/08669-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 20 de outubro de 2021
Vigência (Término): 19 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Oscar José Pinto Eboli
Beneficiário:Matheus Martines de Azevedo da Silva
Supervisor no Exterior: Maria Concepcion Gonzalez-Garcia
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universitat de Barcelona (UB), Espanha  
Vinculado à bolsa:20/02250-8 - Estudando a Natureza do Bóson de Higgs, BP.MS
Assunto(s):Bóson de Higgs   Lagrangianas efetivas   Grande Colisor de Hádrons   Física de partículas

Resumo

Neste projeto vamos estudar se a simetria de gauge do Modelo Padrão (MP) é realizada linearmente ou não. Na realização linear, o campo de Higgs pertence a um dubleto do grupo de simetria e os desvios das predições do MP são descritos por uma teoria efetiva chamada de Standard Model Effective Field Theory (SMEFT). Neste caso, as correções para as interações tríplices dos bósons de gauge eletrofracos estão correlacionadas com as correções para as interações dos bósons de gauge com o bóson de Higgs. Em contrapartida, quando a simetria é realizada de forma não linear, o Higgs é um singleto do grupo de simetria e a teoria efetiva adequada é chamada de Higgs Effective Field Theory (HEFT). Nela, as correlações entre as interações mencionadas anteriormente não aparecem. Nosso objetivo é estudar os processos correspondentes a essas interações no Large Hadron Collider para averiguar se as correlações de fato existem.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)