Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel de interneurônios parvoalbumina e da proteína matricelular Hevin na sensibilização contexto-específica induzida pela cocaína em ratos

Processo: 21/07134-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Fabio Cardoso Cruz
Beneficiário:Augusto Anesio
Supervisor no Exterior: Vincent Vialou
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (Inserm), França  
Vinculado à bolsa:18/14153-7 - Investigação de alterações moleculares em pequenos grupos neurais seletivamente ativados (neuronal ensembles) do núcleo acumbens, que medeiam a incubação da fissura a cocaína induzida pelo ambiente, BP.DR
Assunto(s):Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Cocaína   Sensibilização comportamental   Abstinência   Tratamento psicológico   Modelos animais

Resumo

A dependência a drogas de abuso é uma condição crônica marcada por alterações duradouras nos circuitos neurais do sistema de recompensa. Um dos maiores problemas no tratamento da dependência são as altas taxas de recaída. Estímulos ambientais previamente associados ao uso de drogas podem causar recaídas mesmo após longos períodos de abstinência. Estudos revelaram que a fissura à cocaína induzida por tais dicas ambientais aumentam durante as primeiras semanas de abstinência e se mantem elevadas por períodos consideráveis, intensificando a susceptibilidade a recaídas. Este fenômeno é denominado de "incubação da fissura". A associação entre dicas ambientais e o uso da droga de abuso é um processo de alta resolução. Diversos estudos suportam a ideia de que estas dicas são codificadas por grupos de neurônios específicos, fortemente conectados e amplamente distribuídos chamados de "Neuronal Ensembles". Numerosos estudos têm demonstrado correlação entre neuronais ensembles do núcleo acumbens e comportamentos de busca e uso de droga desencadeados por dicas contextuais. O núcleo acumbens (NAc) é composto em aproximadamente 90% por neurônios espinhosos médios GABAérgicos (MSNs), os quais atuam convertendo diversos estímulos em comportamento executivo. A atividade dos MSNs é regulada, entre outros, por interneurônios GABAérgicos. Entre eles, os interneurônios GABAérgicos parvalbumina positivos (PVs) inibem fortemente os MSNs, controlando sua atividade de maneira singular. Neurônios PV tem sido implicados em diversos transtornos psiquiátricos, incluindo dependência a drogas de abuso. No entanto, o conhecimento relativo ao papel destes neurônios no controle funcional do comportamento de busca de drogas é limitado. Adicionalmente, a plasticidade sináptica associada a neurônios PV é implicada a comportamentos relacionados a busca e uso de drogas. Hevin (high endothelial venule protein), uma proteína matricelular secretada está fortemente ligada na formação e manutenção de circuitos neurais de mamíferos. Além disso, estudos sugerem que a Hevin está envolvida na neuroplasticidade relacionada a afeto positivo e motivação. Hevin é majoritariamente secretada por astrócitos, mas investigações recentes demonstraram sua secreção por interneurônios GABAérgicos, incluindo PVs. Com base nessas considerações, propomos combinar comportamento em roedores, biologia molecular, transfecção viral e fotometria de cálcio in vivo para investigar o papel da hevin e interneurônios PV na sensibilização contexto específica induzida por cocaína. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)