Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização integral de resíduos provenientes do processamento de frutas para produção de filmes biopoliméricos absorvedores de luz UV para aplicação em embalagens biodegradáveis

Processo: 20/11104-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 30 de setembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Henriette Monteiro Cordeiro de Azeredo
Beneficiário:Rodrigo Duarte Silva
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/22401-8 - Fruto-refinaria: processos de obtenção, métodos de caracterização e geração de produtos oriundos de resíduos da fruticultura, AP.TEM
Assunto(s):Biorrefinarias   Filmes   Frutas   Polímeros biodegradáveis   Resíduos agroindustriais   Embalagens de alimentos

Resumo

O aumento populacional e as mudanças de hábitos alimentares (promovidas pela crescente conscientização sobre relações entre alimentação e saúde) têm aumentado o consumo de frutas. Por serem altamente perecíveis (especialmente no clima tropical), boa parte das frutas é processada a produtos com maior vida de prateleira, gerando uma grande quantidade de resíduos e subprodutos, que são comumente descartados (gerando problemas ambientais) ou subutilizados. No extremo oposto da cadeia produtiva de alimentos, o mundo precisa de materiais de embalagem ambientalmente amigáveis (de origem renovável e biodegradáveis) para substituir os plásticos convencionais, cujo descarte massivo tem alto impacto ambiental. Nesse contexto, o objetivo deste projeto é viabilizar a transformação integral e direta de subprodutos do processamento industrial de frutas em filmes biopoliméricos, em consonância com os conceitos de biorrefinaria e bioeconomia circular. Por sua composição, os filmes provavelmente terão ainda capacidade antioxidante e de absorção de luz UV, para aplicação em embalagens ativas de alimentos. Os subprodutos de cinco frutas (laranja, banana, manga, abacaxi e goiaba), que são abordadas no projeto temático no qual este projeto está inserido (#2017/22401-8), serão avaliados. A composição desses resíduos será determinada e eles serão submetidos a testes preliminares, a partir dos quais serão escolhidos, no mínimo, dois subprodutos mais promissores. Em seguida, serão definidos os pré-tratamentos, formulações e condições de processamento, e os filmes preparados serão caracterizados em termos de estrutura e propriedades (mecânicas, térmicas, de barreira e ativas), as quais serão comparadas às de plásticos convencionais, como polietileno de baixa densidade e polipropileno. A produção dos filmes será inicialmente testada em escala laboratorial (por casting de bancada) e estendida para escala piloto (por casting contínuo). Assim, espera-se contribuir não apenas para a valorização de subprodutos agroindustriais de alimentos, como também para a prevenção de perdas - especialmente de alimentos suscetíveis a oxidação, por gerar materiais para embalagens antioxidantes e com filtro de luz UV. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)