Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo prospectivo de uma coorte de pacientes egressos de internação por síndrome respiratória aguda grave e COVID-19: aspectos epidemiológicos, clínicos e funcionais

Processo: 21/09595-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Mônica Corso Pereira
Beneficiário:Hugo Dugolin Ceccato
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/10087-0 - Estudo prospectivo de uma coorte de pacientes egressos de internação por síndrome respiratória aguda grave e COVID-19: aspectos epidemiológicos, clínicos e funcionais, AP.R
Assunto(s):Infectologia   Pandemias   COVID-19   Infecções por Coronavirus   SARS-CoV-2   Síndrome respiratória aguda grave   Eventos adversos   Reabilitação pulmonar   Telerreabilitação
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:COVID longa | Eventos adversos | reabilitalçao pulmonar | Infectologia

Resumo

A evolução e as consequências em médio e longo prazo da COVID-19 ainda não estão plenamente descritas. Conhecer os determinantes desta evolução, as possíveis sequelas clínicas e funcionais nos pacientes que tiveram infecções pulmonares por SARS-Cov2 e que necessitaram de internação e oxigenioterapia, pode contribuir para melhor compreensão da história natural, seu manejo e impacto. Este projeto tem como objetivos: 1) avaliar a incidência, etiologia e indicadores de oportunidade em casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), 2) identificar os fatores clínicos, epidemiológicos, eventos adversos relacionados à evolução durante a internação. Além disso, entre os pacientes que tiveram SRAG por COVID, 3) conhecer a evolução funcional, radiológica e qualidade de vida em médio e longo prazo, e 4) Avaliar e comparar a eficácia de um Programa de Telerreabilitação Pulmonar (PTRP) na modalidade exclusivamente remota versus modalidade presencial e remota em pacientes com disfunção respiratória após hospitalização por pneumonia por COVID-19. Trata-se de um estudo de coorte prospectiva na qual serão incluídos participantes adultos, consecutivamente internados com SRAG no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, no período de 1 de maio de 2020 a 1 de maio de 2021. Estima-se a inclusão de 600 casos de SRAG, sendo destes 150 confirmados para COVID-19. Para o objetivo 4 os pacientes serão aleatorizados para um de dois grupos, PTRP exclusivamente remota (GR-R) versus remota e presencial (GR-P), e pretende-se incluir 50 pacientes. Os pacientes serão acompanhados durante a internação até a alta, transferência ou óbito. Após a alta, os pacientes com SRAG por COVID-19 serão seguidos ambulatorialmente até o 12.º mês, com avaliações médica e fisioterapêutica, e realização de exames laboratoriais, funcionais e de imagem. Os pacientes persistentemente sintomáticos serão convidados a participar do PTRP com duração de 12 semanas, com avaliação da capacidade funcional e de qualidade de vida antes e ao final do programa. As decisões clínicas e terapêuticas serão tomadas de acordo com o protocolo assistencial do HC da Unicamp para COVID-19,a cargo do médico assistente, sem interferência dos pesquisadores. Os desfechos primários serão óbito, uso de ventilação mecânica, distúrbio funcional respiratório, qualidade de vida. Os desfechos secundários considerados serão: dias em UTI, dias em ventilação mecânica, ocorrência de infecções relacionadas à assistência à saúde, eventos adversos relacionados a medicamentos, ocorrência de tromboembolismo pulmonar, reinternação por COVID-19, capacidade funcional. Para o objetivo 4 os desfechos analisados serão capacidade funcional e qualidade de vida. Os dados serão armazenados na plataforma Red-Cap, uma plataforma gratuita para coleta e gerenciamento de dados de pesquisa e protocolos clínicos cuja função é construir e gerenciar pesquisas e bancos de dados de forma segura. A análise estatística será realizada utilizando-se o pacote estatístico SPSS statistics, versão 17.0, para Windows. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)