Busca avançada
Ano de início
Entree

Atuação das polimerases de síntese translesão pol º e pol ¹ na replicação e sobrevivência de células após irradiação com luz UVC

Processo: 20/15371-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 30 de setembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Carlos Frederico Martins Menck
Beneficiário:Abu-Bakr Adetayo Ariwoola
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/19435-3 - Papel de danos no DNA e função mitocondrial em envelhecimento vascular, imune e neurológico (DNA MoVINg), AP.TEM
Assunto(s):Reparo do DNA

Resumo

A luz UVC (200-280 nm) é absorvida pela molécula de DNA gerando, principalmente, dois tipos de lesões: dímeros de pirimidina ciclobutano e fotoprodutos (6-4)-pirimidina-pirimidona, que distorcem a fita de DNA. Esses danos, quando não são removidos pelos sistemas de reparo de DNA, podem levar à parada e, consequentemente, ao colapso da forquilha de replicação do DNA. Porém, esse fenômeno é evitado graças à presença de DNA polimerases especializadas, capazes de sintetizar DNA através do dano, dando a célula certa tolerância à lesão, em processo denominado síntese de translesão. O principal objetivo do presente projeto será avaliar o papel de duas DNA polimerases translesão específicas (polimerase kappa, pol º, e polimerase iota, pol ¹ na replicação e sobrevivência de células após irradiação de células deficientes para essas polimerases. Dispomos de linhagens de células de glioma nocaute para as polimerases pol º ou pol ¹, que serão avaliadas inicialmente quanto a sua sensibilidade à irradiação com luz UVC. Sensibilidade a essa irradiação pode indicar a participação dessas polimerases na replicação das lesões induzidas no DNA. Além disso, pretendemos estudar o estresse genotóxico causado nessas células e seu impacto na indução de morte celular. Além disso, avaliaremos diretamente a atividade da forquilha de replicação frente às lesões, através de ensaios de fibra de DNA. Por fim, como pol kappa já foi identificada como responsável pela síntese de DNA durante a remoção das lesões pretendemos avaliar a contribuição dessas polimerases diretamente no processo de reparo de excisão de nucleotídeos de lesões causadas por luz UVC.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)