Busca avançada
Ano de início
Entree

Silício via fertirrigação mitiga os efeitos da deficiência e da toxicidade de cobre e zinco aplicados no tratamento de sementes de soja

Processo: 21/07204-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Renato de Mello Prado
Beneficiário:Luan Mori
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Micronutrientes   Silício   Adubação   Vitamina C   Toxicidade   Fertirrigação   Soja   Delineamento experimental

Resumo

Para atender à exigência de micronutrientes Zn e Cu no crescimento inicial em plantas de soja, tem sido muito utilizado o tratamento de sementes, no entanto, o fornecimento desses elementos em doses inadequadas pode induzir toxicidade. Nesse sentido, os efeitos benéficos do silício na mitigação de estresses abióticos são bem conhecidos, mas pouco estudados em desordens induzidas pela toxicidade de micronutrientes, não havendo relatos na soja. Assim, objetivou-se avaliar se a aplicação de Si é eficiente para aliviar os estresses causados pela deficiência e toxicidade de Cu e Zn em aspectos fisiológicos e nutricionais no crescimento inicial da cultura da soja. Serão realizados dois experimentos: Cu e Zn e o delineamento experimental adotado será em blocos casualizados, em esquema fatorial 4x2, sendo quatro concentrações de Cu (0; 0,18; 0,54 e 1,08 g/kg de semente) e quatro concentrações de Zn (0; 0,40; 1,21 e 2,4 g/kg de semente), e duas concentrações de Si (0 e 2 mmol L-1), aplicados via fertirrigação. Aos 45 dias serão avaliados a produção de massa seca, bem como o número e massa seca de nódulos por planta, a determinação de nitrogênio total (N) e teor de proteína bruta (PB), o teor de Si, Cu e Zn, o índice de extravasamento de eletrólitos, a concentração de pigmentos fotossintéticos, a eficiência quântica do fotossistema II, os teores de fenóis totais e vitamina C.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)