Busca avançada
Ano de início
Entree

Mulheres em movimento: itinerância e corporalidade de Carolina Maria de Jesus e Clarice Lispector

Processo: 20/13008-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Sabrina Studart Fontenele Costa
Beneficiário:Luiza Fraccaroli Baptista da Costa
Instituição-sede: Associação Escola da Cidade Arquitetura e Urbanismo (AEC). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História das cidades   Literatura   Representações sociais   Mulheres na arte   Corporeidade   Interseccionalidade   Ambientes urbanos   Estruturas espaciais   Obra literária   Estudo comparativo

Resumo

Este projeto de pesquisa dedica-se à investigação de práticas espaciais e corporais sob a ótica de marcadores de gênero, raça e classe. Para tanto, busca-se realizar esse estudo por meio da análise comparativa de duas obras literárias: 'Quarto de despejo: diário de uma favelada', de Carolina Maria de Jesus; e 'Laços de Família', de Clarice Lispector; - ambos publicados em 1960. Essa escolha é feita partindo da premissa de que os grupos sociais diversos, aos quais cada uma das autoras pertence, incidem em experiências urbanas também diversas, possibilitando uma análise mais apurada, que traz a interseccionalidade como elemento essencial. Pretende-se, então, identificar as permanências e rupturas dos percursos nos ambientes urbano e doméstico durante o processo de modernização e industrialização das cidades brasileiras, traçando uma análise comparativa das representações femininas que envolvem as obras escolhidas. Entende-se que a cidade e o lar, ambos, materializam disputas sociais e impõem fronteiras e dinâmicas indenitárias que direcionam o deslocamento dos corpos. Identificar o caráter hierarquizante que esses deslocamentos manifestam permite a revisão do campo arquitetônico e urbanístico e suas lacunas de modo a superá-las, valendo-se de uma nova ferramenta teórico-metodológica - a literatura - que permite tensionar os cânones disciplinares e práticas profissionais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)