Busca avançada
Ano de início
Entree

Respostas inflamatórias e cardiocirculatórias na Periodontite Experimental, por meio da ligadura bilateral do primeiro molar da mandíbula, em ratos espontaneamente hipertensos (SHR)

Processo: 21/08622-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Helio Cesar Salgado
Beneficiário:Tereza Cristina Buzinari
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/06043-7 - Modulação autonômica (simpática e parassimpática) das respostas inflamatórias e cardiocirculatórias em situações fisiopatológicas clínicas e experimentais, AP.TEM
Assunto(s):Citocinas   Hipertensão   Inflamação   Periodontite   Sistema nervoso autônomo   Fisiologia cardiovascular

Resumo

Respostas Inflamatórias e Cardiocirculatórias na Periodontite Experimental, por meio da ligadura bilateral do primeiro molar da mandíbula, em Ratos Espontaneamente Hipertensos (SHR).Fundamentação: Sabe-se que a Hipertensão Arterial e o Processo Inflamatório estão, fisiologicamente, inter-relacionados (Rothman et al., 2020). Nos últimos anos, significativo progresso tem sido alcançado no entendimento do papel dos Sistemas Imunes (Inato e Adaptativo) na fisiopatogenia de doenças cardiocirculatórias (Dixon et al., 2020). Considerando-se que os modelos de Periodontite (ligadura bilateral do primeiro molar da mandíbula) e o SHR têm em comum aspectos inflamatórios, porém, apresentam evoluções temporalmente distintas, protocolos experimentais serão desenvolvidos em curto (10 dias), e em longo prazo (5a e 10a semanas). Em curto prazo (10 dias) procurar-se-á estudar o papel da ativação do Barorreflexo e do Quimiorreflexo, por meio da estimulação elétrica do Nervo do Seio Carotídeo em animais intactos (Barorreflexo e Quimiorreflexo intactos), bem como o papel do Barorreflexo isoladamente em animais com desnervação cirúrgica dos quimiorreceptores (ligadura da artéria do corpúsculo carotídeo); ou, então, do Quimiorreflexo isoladamente, por meio da desnervação cirúrgica dos barorreceptores carotídeos, utilizando-se técnica desenvolvida em nosso laboratório (Katayama et al., 2015). Além disso, em longo prazo (5 a 10 semanas), procurar-se-á estudar o papel da ativação farmacológica da Função Parassimpática utilizando-se bloqueadores da acetilcolinesterase (Donepezila e Piridostigmina), por meio da administração com mini-bombas Alzet implantadas subcutaneamente.Objetivo: Examinar o papel da ativação elétrica dos Barorreceptores e dos Quimiorreceptores nas respostas cardiocirculatórias (pressão arterial, variabilidade da frequência cardíaca, função e remodelamento cardíacos, e balanço autonômico) e inflamatórias (perda óssea e citocinas) nos SHR; e seus respectivos controles normotensos Wistar-Kyoto (WKY), submetidos à Periodontite Induzida pela Ligadura Bilateral do Primeiro Molar da Mandíbula.Resultado Esperado: Espera-se poder discriminar o papel do Barorreflexo - Inibidor Simpático e Ativador Parassimpático - e do Quimiorreflexo - Ativador Simultâneo Simpático e Parassimpático, nas respostas cardiocirculatórias e inflamatórias induzidas pela Periodontite em SHR. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)