Busca avançada
Ano de início
Entree

Os passivos ambientais e o alinhamento das informações integradas: um estudo com base na África

Processo: 21/07246-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Ciências Contábeis
Pesquisador responsável:Maísa de Souza Ribeiro
Beneficiário:Alana Bugatti Guessi
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Contabilidade   Informações contábeis   Relatórios   Análise do discurso   África

Resumo

A partir de 2009, surgem as primeiras discussões sobre uma estrutura de Relato Integrado (RI), as quais culminaram na criação do International Integrated Reporting Council (IIRC), com o objetivo de explicar como os recursos à disposição das entidades são utilizados e como ela gera valor ao longo do tempo. Todavia, cabe ressaltar que em 1994, a África já desenvolvia diretrizes de relatório de sustentabilidade, as quais deram contribuições significativas para o modelo do RI atual, sendo, desde muito tempo, um dos requisitos para as empresas listadas na Bolsa de Valores de Joanesburgo. Assim, dado esse pioneirismo e o significativo tempo de experiência, o objetivo desse trabalho é verificar o nível de alinhamento das informações sobre os passivos ambientais contidas no Relatório Integrado, nas Demonstrações Financeiras e no Relatório de Sustentabilidade das empresas da África, listadas na Bolsa de Valores de Joenesburgo, no ano de 2019. Para que isso aconteça, serão coletados os relatórios financeiros, anuais, de sustentabilidade e relato integrado das entidades e com o auxílio do Software Nvivo, será identificado a compatibilidade entre as informações financeiras e de sustentabilidade. Os dados coletados serão condensados em gráficos e posteriormente analisados, sendo possível entender o nível de pertinência mútua das informações e o tom do discurso utilizado nas informações fornecidas pelas empresas em seus diferentes relatórios. Espera-se que o tempo de experiência naquele país tenha propiciado alinhamento das informações sobre os passivos ambientais em seus diversos relatórios, para que cumpram a característica fundamental da contabilidade: a relevância e a fidedignidade. Espera-se identificar o efeito educativo das diretrizes ao longo do tempo e, consequentemente, vislumbrando-se o futuro que pode proporcionar o RI em seu novo modelo e disseminação.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)