Busca avançada
Ano de início
Entree

Cães como sentinela na avaliação toxicológica do Rio Pouca Saúde localizado na área portuária de Santos - SP

Processo: 20/12335-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Paula Andrea de Santis Bastos
Beneficiário:Renata Cristina de Abreu Jardim
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária. Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES). Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde ambiental   Instalações portuárias internas   Riscos ambientais   Metais tóxicos   Biomarcadores   Cães   Monitoramento ambiental   Santos (SP)

Resumo

O Rio Pouca Saúde se comunica com a margem esquerda do Porto de Santos. Ao longo do curso do rio há muitas palafitas, as quais lançam esgoto e lixo doméstico nas águas. As consequências ambientais da intensa atividade do porto de Santos impactam toda a região da Baixada Santista com poluição oriunda de terminais portuários, lixões, aterros sanitários, áreas contaminadas por disposição inadequada de resíduos tóxicos, emissários de esgotos e efluentes domésticos, ocupações irregulares, canais que deságuam no estuário, afluxo de turistas no verão e efluentes industriais vindos de Cubatão. Os animais têm sido utilizados como sentinelas ou biomarcadorres para avaliar o risco ambiental para o bem-estar humano. Esse projeto tem como objetivos: verificar se o cão semi-domiciliado pode ser biomarcador de contaminação ambiental; verificar se os agentes tóxicos presentes no sangue de cães semi-domiciliados na região ribeirinha são os mesmos encontrados na água do rio Pouca Saúde e desenvolver material educativo e realizar campanha de orientação junto à população sobre os riscos, para os pessoas e animais, da presença de contaminantes ambientais. Serão selecionados cães semi-domiciliados, que perambulem pelas margens do Rio Pouca Saúde, e realizada a dosagem de Antimônio, Cádmio, Chumbo, Cromo e Mercúrio à partir de amostras de sangue desses animais. Também será confeccionado hemograma e realizada a avaliação do perfil hepático e renal deles. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)