Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de mecanismos genéticos relacionados a patogenicidade de Austropuccinia psidii à família de plantas das mirtáceas

Processo: 21/01606-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Nelson Sidnei Massola Júnior
Beneficiário:Thaís Regina Boufleur
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/13191-5 - Componentes epidemiológicos, caracterização de danos e controle de ferrugens tropicais e temperadas em cenário de mudança climática global, AP.TEM
Assunto(s):Genômica comparativa   Sequenciamento de nova geração

Resumo

Desde a antiguidade, os fungos agentes causais de ferrugens estão entre os patógenos responsáveispor algumas das doenças mais destrutivas em plantas cultivadas e não cultivadas no mundo todo.Dentre essas doenças está a ferrugem das mirtáceas, causada por Austropuccinia psidii, ameaçacrescente aos membros dessa família de plantas. O centro de origem de A. psidii é o Brasil eatualmente a ferrugem das mirtáceas está amplamente disseminada, associada mais de 480espécies dessa família. A ampla gama de mirtáceas suscetíveis a A. psidii aliada a evidênciasgenéticas indicam que o patógeno está sendo disseminado pelo mundo por meio desses diversoshospedeiros e vem se tornando uma forte ameaça a produção de fruteiras e a biodiversidade naturalde muitos países. Essa doença representa a maior ameaça a produção de goiaba (Psidium guajava)podendo levar a perdas de até 100% da produção. Os resultados obtidos por meio de genômicacomparativa entre isolados de agentes causais de ferrugens capazes ou não de infectar mirtáceasirão auxiliar na identificação de fatores de patogenicidade do patógeno, auxiliando na identificaçãode fatores relacionados a especificidade de A. psidii a família das mirtáceas. Além disso, irãocontribuir no entendimento dos mecanismos de especialização de A. psidii a essa família deplantas. A lista de genes e/ou regiões genômicas de A. psidii específicas a mirtáceas poderá serutilizada em futuros estudos de caracterização de populações de A. psidii, auxiliando noentendimento da complexa taxonomia da espécie e na busca por medidas de controle eficientes,que possam diminuir a ameaça constante da ferrugem das mirtáceas a economia e a biodiversidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)