Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudanças antropométricas e padrões alimentares: uma comparação entre estudos de coorte no Brasil e Holanda

Processo: 20/15188-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Dirce Maria Lobo Marchioni
Beneficiário:Mariane de Almeida Alves
Supervisor no Exterior: Trudy Voortman
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Erasmus University Rotterdam (EUR), Holanda  
Vinculado à bolsa:19/13486-5 - Trajetória antropométrica e padrões alimentares: análise do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), BP.DR
Assunto(s):Consumo de alimentos   Obesidade   Epidemiologia nutricional

Resumo

ALVES, Mariane de Almeida. Mudanças antropométricas e padrões alimentares: uma comparação entre estudos de coorte no Brasil e Holanda, 2020.O controle da prevalência de obesidade e a promoção de hábitos alimentares saudáveis são grandes desafios para a saúde pública no mundo todo. Apesar das diferenças econômicas e culturais, países de baixa/média renda e países de alta renda encaram o mesmo desafio de reduzir a prevalência de sobrepeso e obesidade. Considerando que os alimentos não são consumidos de forma isolada, estudos na área de epidemiologia nutricional apontam para a necessidade de analisar a dieta de forma holística. Neste contexto, a análise de padrões alimentares (PA) emerge como uma abordagem complementar aos métodos tradicionais de análise da dieta. Existem diversas abordagens de análise de PA, sendo a principal distinção entre elas a análise a priori ou a posteriori. Uma limitação das análises a posteriori é que não permitem comparar os PA de diferentes populações facilmente. A análise reduced rank regression (RRR) é um método híbrido, que permite relacionar mais diretamente a etapa de identificação dos PA por meio da exploração dos dados com um desfecho de interesse. Esta característica da análise RRR possibilita a identificação de PA usando as mesmas variáveis intermediárias, permitindo que comparações sejam feitas, visto que os PA serão relacionados com um desfecho de interesse comum. O objetivo deste estudo é derivar PA por meio da análise RRR em estudos de coorte conduzidos no Brasil e Holanda e estimar como esses PA estão associados com mudanças antropométricas. Serão utilizados dados do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto e do Rotterdam Study. Os dados de consumo alimentar foram obtidos por meio de questionário de frequência alimentar. Os dados antropométricos serão analisados de forma longitudinal no período do seguimento. Para verificar a associação entre PA e mudanças antropométricas será utilizada regressão linear de efeitos mistos, ajustados para possíveis variáveis de confusão previamente descritas na literatura.Palavras-chave: Obesidade. Padrões alimentares. Consumo alimentar. Epidemiologia nutricional. Estudos longitudinais

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)