Busca avançada
Ano de início
Entree

Espinosa e o problema do trabalho: Estado, multidão e democracia radical

Processo: 21/05942-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 30 de setembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Luís César Guimarães Oliva
Beneficiário:Nicolas Guillermo Lema Habash
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/19880-4 - Poder, conflito e liberdade: Espinosa e os percursos da Filosofia Política Moderna e Contemporânea acerca da democracia, AP.TEM
Assunto(s):Democracia   Baruch Espinoza   Trabalho

Resumo

O objetivo deste projeto é contribuir para a compreensão do conceito de trabalho em Espinosa, ainda pouco estudado, e examinar como ele se relaciona com a ideia espinosana democracia e multidão. A hipótese que orienta esta pesquisa afirma que a obra de Espinosa nos dá recursos teóricos e analíticos para estabelecer uma ideia mais abrangente de democracia do que aquela por ele mesmo ambicionada no Tratado Político. Este regime mais abrangente exigiria posteriormente a abolição do que agora chamamos de trabalho "pago" ou "assalariado". O projeto consiste em 3 eixos de pesquisa. Seu primeiro eixo, sobre a relação entre as concepções de Espinosa sobre trabalho, democracia e multidão, e estabelece os problemas gerais a serem investigados e as hipóteses a serem exploradas. O segundo e terceiro eixos estenderão as reflexões sobre a filosofia política de Espinosa a outros períodos históricos e contextos geográficos: os desdobramentos contemporâneos sobre a filosofia de Espinosa e o pensamento da democracia radical na América Latina. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)