Busca avançada
Ano de início
Entree

Reposicionamento de antirreabsortivos para tratamento da sobrecarga de ferro

Processo: 21/02165-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Breno Pannia Esposito
Beneficiário:Julia Tiemy Leal Konno
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ferro   Química bioinorgânica   Sobrecarga

Resumo

A sobrecarga de ferro é uma condição nociva para os pacientes, que apresentam significativo de-créscimo de qualidade de vida. Paralelamente, o ferro é um nutriente crucial também para parasitas e células tumorais. Quelantes de ferro são moléculas de alta afinidade que apresentam diversas possibilidades de uso clínico: (i) atenuadores da sobrecarga do metal; (ii) sequestradores de metais essenciais desses mesmos alvos; (iii) inibidores de metaloenzimas essenciais ao crescimento de tumores. Considerando os ambientes de coordenação com características favoráveis à coordenação do Fe(III) presentes nos antirreabsortivos, mais especificamente, etidronato, tiludronato, alendronato, zoledronato e ranelato, neste projeto objetiva-se reposicionar antirreabsortivos para tratamento da sobrecarga de ferro a fim de ampliar o leque da terapia da quelação. Para isso, pretende-se sintetizar complexos dos ligantes com ferro e caracterizá-los por espectroscopia eletrônica UV-visível, espectro de massa e espectroscopia FT-IR; avaliar a afinidade dos antirreabsortivos contra calceína férrica, ferro-transferrina e hemina; estudar sua atividade antioxidante mediada por ferro no meio extra e intracelular; avaliar sua capacidade de penetração nas células e comple-xação com o ferro citossólico livre; estudar a atividade antitumoral dos antirreabsortivos e seus complexos com ferro; e simular a interação dos complexos de ferro com formas minerais de apatita e/ou de matriz óssea.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)