Busca avançada
Ano de início
Entree

As bases genéticas e do desenvolvimento de uma notável novidade evolutiva genital

Processo: 19/27475-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 13 de setembro de 2021
Vigência (Término): 12 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Tatiana Teixeira Torres
Beneficiário:Bruno Celso Feltrin Genevcius
Supervisor no Exterior: Luis Fernando Casares Fernandez
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Centro Andaluz de Biología del Desarrollo (CABD), Espanha  
Vinculado à bolsa:18/18184-4 - Evolução da complexidade genital: uma abordagem evo-devo utilizando pentatomídeos como modelos, BP.PD
Assunto(s):Desenvolvimento   Genômica funcional   Pentatomidae

Resumo

Genitálias exercem um papel funcional essencial em animais de fertilização interna, sem a qual a cópula não acontece com sucesso. Uma consequência do envolvimento direto das genitálias na reprodução é que elas comumente se tornam as primeiras características a divergir durante a especiação. Na escala evolutiva, esse processo se traduz em taxas evolutivas extremamente altas e níveis de convergência sem precedentes. Apesar dessa importância evolutiva e funcional, nosso conhecimento sobre as causas responsáveis pelo surgimento de novoas características genitais ainda é escasso. Portanto, como a complexidade genital evolui e se acumula no tempo evolutivo ainda é um grande enigma. Nesse contexto, uma abordagem evo-devo é ideal para identificar os mecanismos moleculares que podem originar, restringir, e enviesar a evolução genital. Neste projeto, propomos identificar as bases genéticas e do desenvolvimento por trás do surgimento de uma característica genital completamente nova na linhagem dos percevejos predadores (Asopinae): a origem dos pseudoclaspers. O surgimento dessa estrutura oferece um exemplo marcante do surgimento de uma nova estrutura genital associada a uma completa reformulação do sistema funcional da cópula. Em um contexto filogenético, combinaremos sequenciamento massivo de RNA e hibridização in-situ fluorescente de alta resolução para abordar as seguintes questões: o surgimento de uma estrutura genital completamente nova é facilitada por pequenas ou drásticas mudanças na identidade, local, e momento da expressão gênica durante o desenvolvimento? Qual é a diversidade de vias regulatórias que pode ser recrutada de outros contextos e outros órgãos durante esse processo? Com este projeto, esperamos iluminar os processos responsáveis pela evolução da complexidade genital e de fenótipos complexos como um todo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)