Busca avançada
Ano de início
Entree

Comunicação pública e sustentabilidade ambiental no governo do estado de São Paulo

Processo: 21/02998-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Relações Públicas e Propaganda
Pesquisador responsável:Danilo Rothberg
Beneficiário:Isabela D'Avila Limeira de Araujo
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Comunicação pública   Direito à informação   Relações públicas   Sustentabilidade   Mídias sociais

Resumo

Verifica-se a preocupação em âmbito global sobre a necessidade de expandir o conhecimento científico de como incentivar o engajamento dos diversos públicos em políticas públicas de sustentabilidade ambiental. A comunicação se revela estratégica no contexto, por ser capaz de contribuir com a construção do relacionamento entre Estado e os cidadãos, amparada por transparência de gestão e acesso a informações sobre a formulação, execução e avaliação de políticas públicas. Esse projeto de pesquisa propõe, como objetivo geral, mapear as estratégias institucionais e as atividades da assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo e produzir um diagnóstico sobre sua adequação em relação a critérios de qualidade indicados pela literatura especializada em comunicação pública e relações públicas. Os objetivos específicos são: a) caracterizar as informações disponíveis no portal oficial e na página do Facebook da Secretaria, conforme categorias específicas de avaliação e em relação ao atendimento do direito à informação e de determinações de transparência ativa; b) caracterizar as rotinas de gestão e práticas de produção de conteúdo da assessoria de comunicação da Secretaria, em relação a parâmetros normativos da comunicação pública no Brasil e do conhecimento científico sobre estratégias de relações públicas na comunicação governamental; c) identificar e caracterizar diferenciais de qualidade e oportunidades de aperfeiçoamento das rotinas de gestão e práticas de produção de conteúdo da assessoria de comunicação da Secretaria; d) discernir e sugerir, com base nos resultados encontrados a respeito da comunicação pública da secretaria analisada, interpretados à luz da revisão da literatura especializada, recomendações para a gestão da comunicação capazes de contribuir para a dinamização de sua performance.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)