Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de genes da via de ativação do AhR e suscetibilidade à artrite em camundongos.

Processo: 21/03723-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunogenética
Pesquisador responsável:José Ricardo Jensen
Beneficiário:Alanis Tiozzo Souza
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Artrite experimental   Expressão gênica   Microbioma gastrointestinal   Pristane   Autoimunidade

Resumo

Doenças autoimunes como a artrite reumatoide têm sido cada vez mais associadas a alterações na composição da microbiota intestinal. A microbiota também regula aspectos fundamentais do sistema imune, e diversas moléculas foram descritas como "pontes" entre o ambiente microbiano e o organismo hospedeiro. Uma destas moléculas é o AhR (receptor de aril hidrocarbonetos), um receptor e fator de transcrição capaz de responder a uma gama de ligantes endógenos e exógenos (ambientais, dietéticos e microbianos). Sua ativação regula a diferenciação de células T e B, além de metabolizar compostos com potencial carcinogênico. No modelo da artrite induzida pelo óleo mineral pristane (PIA), o qual compartilha diversas características com a doença humana, a suscetibilidade de camundongos selecionados em nosso laboratório é extremamente divergente, como nas linhagens HIII (resistente) e LIII (extremamente suscetível). Estas linhagens albergam microbiotas intestinais distintas e a adoção de crias de uma linhagem por mães da outra transferiu parcialmente os fenótipos de suscetibilidade/resistência. Os animais HIII e LIII carregam alelos distintos do gene Ahr, e dois genes importantes da sua via de ativação (Arnt e Ahrr) se localizam no intervalo de confiança de QTLs (quantitative trait loci) reguladores da suscetibilidade à PIA. Estes resultados sugerem que a expressão de genes da via de ativação do AhR pode modular a resposta do sistema imune aos estímulos da microbiota, afetando o curso da PIA de maneira distinta nestas linhagens. Investigaremos a expressão de genes envolvidos na via de ativação do AhR, buscando identificar correlações com a suscetibilidade à PIA e com parâmetros da microbiota dos animais HII e LIII amamentados por mães biológicas ou adotivas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)