Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos duracionais na marcação de foco prosódico no Português Brasileiro.

Processo: 21/07754-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Geovana Carina Neris Soncin Santos
Beneficiário:Pedro Ivo Ribeiro Pinheiro
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/10144-3 - Produção e percepção da prosódia em crianças com desenvolvimento fonológico típico e atípico, AP.JP
Assunto(s):Português do Brasil   Prosódia

Resumo

Em diferentes línguas, a duração é um parâmetro fonético-acústico de relevância para a delimitação de fronteiras prosódicas (OLLER, 1973; KLATT, 1976; EDWARDS e BECKMAN, 1988; WIGHTMAN et al, 1992, entre outros), uma vez que se observa tendencialmente que a duração dos segmentos da palavra que imediatamente antecede uma fronteira prosódica é mais longa em relação a segmentos de palavras que não estão próximos à fronteira. Esse fenômeno é conhecido na literatura internacional como alongamento pré-fronteira (GUSSENHOVEN E RIETVIELD, 1998). Para o Português Brasileiro (PB), o alongamento pré-fronteira foi estudado por trabalhos anteriores em contextos de fronteira de frase entoacional em dados de produção de sentenças neutras (MORAES, 1995; SERRA, 2009; SONCIN, 2018). No caso específico do papel da duração em sentenças com elementos focalizados, pouco se sabe sobre o papel da duração para o estabelecimento de fronteiras prosódicas, uma vez que os estudos privilegiam a descrição da entoação, tendo em vista que consideram a frequência fundamental como parâmetro fonético acústico principal para o estabelecimento do foco prosódico, conforme apresentado detalhadamente no projeto de pesquisa principal (Proc. FAPESP 2020/10144-3). Desse modo, o presente plano de trabalho visa mensurar e descrever a duração de elementos focalizados em comparação à duração dos mesmos elementos fora de contextos de focalização na fala de adultos típicos, um dos grupos de sujeitos participantes do projeto de pesquisa principal, a fim de verificar se, nesse grupo de sujeitos, haveria diferenças na duração dos elementos em função dos contextos analisados, a saber: sentença com elemento focalizado e sentença neutra.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)