Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de cápsulas de nanocelulose para administração de insulina via oral

Processo: 21/00980-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Liliane Maria Ferrareso Lona
Beneficiário:Ana Carolina de Aguiar
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Celulose   Liberação controlada de fármacos   Polímeros   Reatores químicos

Resumo

A administração de medicamentos de liberação controlada via oral como alternativa às injeções é essencial para melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Porém, o desenvolvimento de biomateriais para esta finalidade ainda é desafiador, principalmente pela complexidade de fabricação, alto custo e dificuldade de produção em larga escala. Devido à sua fabricação fácil, de baixo custo e escalonável, a biofabricação com celulose bacteriana (CB) é uma técnica promissora para o desenvolvimento de sistema para liberação oral de medicamentos. O método permite a preparação de cápsulas, com possibilidade de multicompartimentação, alta mobilidade de líquidos através da membrana, flexibilidade e biocompatibilidade. Este projeto tem como objetivo preparar e avaliar o desempenho in vitro de um novo biomaterial para liberação oral de fármacos baseado em cápsulas de CB preparadas por biofabricação. Como prova de conceito, a insulina será usada como medicamento e o diabetes como doença-alvo. Primeiramente, partículas responsivas à glicose carregadoras de insulina serão sintetizadas. Então, cápsulas a base de CB contendo tais partículas em seu interior serão preparadas por biofabricação. Finalmente, um polímero pH-sensível será anexado à superfície das cápsulas de CB. Os materiais preparados serão amplamente estudados por microscopia eletrônica de varredura e espalhamento dinâmico de luz, e seu potencial de aplicação na liberação de insulina será investigado por espectrofotômetro UV-Vis.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)