Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de tecnologia de gestão da coleta seletiva combinando a telemetria embarcada em caminhões elétricos coletores, rastreamento dos resíduos por blockchain e machine learning no auxílio das tomadas de decisão

Processo: 21/06734-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Flavio Salsoni Machado
Beneficiário:Flavio Salsoni Machado
Empresa:Valora Consultoria em Gestão Empresarial Ltda
CNAE: Coleta de resíduos não-perigosos
Recuperação de materiais metálicos
Recuperação de materiais não especificados anteriormente
Vinculado ao auxílio:20/09590-9 - Desenvolvimento de tecnologia de gestão da coleta seletiva combinando a telemetria embarcada em caminhões elétricos coletores, rastreamento dos resíduos por blockchain e machine learning no auxílio das tomadas de decisão, AP.PIPE
Assunto(s):Gerenciamento de resíduos   Resíduos sólidos   Coleta seletiva   Materiais recicláveis   Telemetria   Blockchain   Aprendizado computacional   Desenvolvimento de software   Tomada de decisão   Logística reversa

Resumo

O quadro atual brasileiro de separação e destinação de resíduos recicláveis se mostra preocupante. Pesquisas, por exemplo Abrelpe 2019, indicam que menos do que 10% dos resíduos recicláveis são realmente reciclados, resultando em 80 mil toneladas de resíduos recicláveis descartados em aterros diariamente, gerando um imenso desperdício de recursos, agredindo o meio ambiente e desperdiçando um potencial de quase 20 bilhões de reais anualmente. Além disso, a pequena parcela que é destinada corretamente, possui um sério problema de qualidade (contaminado com material orgânico), segundo 70% dos recicladores entrevistados pela VALORA. As pessoas, ao não fazerem a higienização (remoção do material orgânico fazendo a limpeza com água e sabão se necessário) e o descarte correto dos resíduos, geram um material de baixa qualidade para as empresas que irão aproveitar estes recursos. Também a falta de informação e transparência no processo de reciclagem causa insatisfação em 75% das pessoas que se propõe a separar seus resíduos segundo outra pesquisa realizada pela Valora, gerando desmotivação no descarte correto. A VALORA é uma startup de valorização de resíduos recicláveis e tem como objetivo resolver o problema da indústria que recebe material reciclável de baixa qualidade que, ao serem processados, causam queda na eficiência em seus processos e aumento dos custos de produção. Por meio da submissão na Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE a VALORA pretende aprimorar sua tecnologia de interface com o gerador de resíduos e implementar alguns módulos estratégicos: desenvolvimento de protocolos de comunicação com diferentes hardwares/equipamentos; telemetria do sistema de coleta; rastreamento dos resíduos utilizando conceitos de blockchain; suporte nas tomadas de decisão e automação das mesmas por meio dos conceitos de machine learning. Para que todos estes processos tenham uma interação harmônica, se faz necessário o desenvolvimento de uma tecnologia que possa conectar os geradores de resíduos, logística de coleta e central de triagem. Somente através desta tecnologia a VALORA será capaz de implementar um modelo de negócio capaz de endereçar as necessidades de todos os stakeholders da cadeia de forma otimizada, sustentável econômica e financeiramente. O nosso projeto está dividido em quatro etapas: etapa 0: set up dos KPIs estratégicos do negócio; etapa 1: desenvolvimento do software/tecnologia acima mencionados; etapa 2: aquisição de equipamento de coleta (caminhão elétrico) e de balanças; etapa 3: integração e realização dos testes de hipóteses com base nos dados coletados em campo para ajustes dos parâmetros do sistema. Sendo assim, é solicitado a FAPESP um valor de, aproximadamente, R$ 300 mil reais para a realização do projeto de pesquisa a ser apresentado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)