Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da interação de Bim e Fas/FasL na diferenciação de células T CD8+ in vitro

Processo: 20/06564-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:João Gustavo Pessini Amarante Mendes
Beneficiário:Marcela Bittar Araujo Lima
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema imune   Neoplasias   Viroses   Resposta imune   Linfócitos T CD8-positivos   Ativação linfocitária   Diferenciação celular   Citocinas

Resumo

Vírus e câncer desafiam constantemente o sistema imunológico humano, do qual é composto por muitas barreiras, células especializadas e mecanismos biológicos que protegem o hospedeiro contra qualquer ameaça externa e interna. Tanto vírus quanto câncer são capazes de invadir e manipular negativamente o sistema imunológico, espalhar-se facilmente e estimular grandes respostas inflamatórias e imunopatológicas que podem levar à morte. Recentemente, além do câncer ser a segunda principal causa de morte mundialmente, o mundo foi severamente afetado pela pandemia causada pelo novo SARS-coronavírus (SARS-Cov-2). Nesse contexto, a resposta imune adaptativa, especialmente promovida por linfócitos T CD8+, desempenha um papel importante na morte de células infectadas e tumorais, restringindo sua disseminação, gerando também células de memória, que fornecem vigilância imunológica adaptada para responder rápida e cautelosamente a uma reinfecção ou recorrência do tumor. Uma abordagem científica essencial que tem sido chave é a compreensão da ativação, diferenciação, morte/sobrevivência e metabolismo das células T CD8 + para manipular e tornar sua citotoxicidade mais eficaz, otimizando métodos de prevenção e imunoterapias. Seguindo essa ideia, o projeto estudará o efeito de moléculas de morte/sobrevivência, como Fas, FasL e Bim, no processo de ativação e diferenciação de células T CD8 +, bem como seu impacto no perfil metabólico de células naive e ativadas, para cada tipo de camundongo. Neste estudo, as células T CD8 + serão isoladas de baços de camundongos do tipo selvagem, deficiente em Fas, deficiente em FasL e nocaute Bim, então ativadas e diferenciadas por citocinas polarizadoras in vitro e caracterizadas por citometria de fluxo multicolorida. Além disso, os perfis metabólicos das células naive e ativadas serão analisados em paralelo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)