Busca avançada
Ano de início
Entree

Um estudo filogenômico de Aculeata com foco nas famílias tradicionalmente posicionadas em Vespoidea e seus elementos neotropicais

Processo: 21/02196-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Fernando Barbosa Noll
Beneficiário:Felipe Vieira de Freitas
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/09215-6 - Desimpedimento taxonômico de vespas aculeadas: visões micro e macro-regionais da fauna neotropical, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Biogeografia   Entomologia   Vespidae   Filogenia

Resumo

Aculeata, os Hymenoptera dotados de ferrão, constituem um grupo monofilético com grande riqueza de espécies descritas (~60.000) e uma grande diversidade de comportamentos. Apesar de Aculeata ter alguns subgrupos bem estudados (e.g. abelhas, formigas, vespas sociais), vários táxons são historicamente negligenciados e as relações filogenéticas entre os grandes grupos que compõem este grupo ainda são controversas. Vespoidea, tradicionalmente tratada como uma das três superfamílias que integram Aculeata (juntamente com Apoidea e Chrysidoidea), tem tido sua monofilia reiteradamente contestada por estudos filogenéticos recentes. Além da monofilia de Vespoidea, algumas das famílias que compunham a superfamília originalmente (e.g. Tiphiidae e Bradinobaenidae) também têm tido sua monofilia questionada por parte de resultados recentes. A amostragem da diversidade de Vespoidea em pesquisas filogenéticas ainda é deficitária para que se tenha conclusões seguras sobre esses temas, particularmente nas pesquisas publicadas durante a última década. Por um lado, algumas investigações recentes avançaram muito no desenvolvimento de grandes bases de dados, algumas destas em escala filogenômica, mas tais avanços usualmente não foram acompanhados de uma amostragem taxonômica suficientemente ampla. Muito da falta de consenso sobre a monofilia e composição de Vespoidea e das famílias que a constituem deve-se justamente às deficiências amostrais-insuficientes para refletirem a diversidade real do grupo. Desta forma, este projeto de pesquisa propõe a realização de um estudo filogenômico de Aculeata com especial foco nas famílias tradicionalmente posicionadas em Vespoidea e em seus elementos neotropicais. Segundo a estratégia proposta, serão usados dados de pesquisas filogenômicos recentes como ponto de partida. A pesquisa primará pela completude de lacunas taxonômicas previamente descobertas, conciliada à aplicação das abordagens mais avançadas disponíveis para uma exploração filogenética satisfatória de grandes bases de dados. O candidato é atualmente um dos poucos pesquisadores com experiência prática em todas as etapas de um estudo filogenômico trabalhando com Hymenoptera no Brasil e este projeto se integrará intimamente ao Projeto Temático "Desimpedimento taxonômico de vespas aculeadas: visões micro e macro-regionais da fauna neotropical". A integração passará pelo compartilhamento de conhecimentos e expertise de alguém que já desenvolve projetos filogenômicos, assim como pela geração de uma hipótese filogenética ampla e atualizada de Vespoidea que possa nortear o andamento do projeto, com uma melhor delimitação dos seus demais alvos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)