Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias computacionais e experimentais integradas para a inibição das toxinas exfoliativas de Staphylococcus aureus

Processo: 20/10214-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Raghuvir Krishnaswamy Arni
Beneficiário:Jorge Enrique Hernández González
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Peptídeos   Staphylococcus aureus   Difração por raios X   Modelagem molecular

Resumo

O Staphylococcus aureus é uma bactéria responsável por diversas doenças, sendo a síndrome da pele escaldada estafilocócica (SSSS) uma das mais graves. As lesões cutâneas do SSSS são causadas pelas toxinas esfoliativas de S. aureus (ETs), serino-proteases do tipo quimotripsina (CLSPs) que clivam a caderina desmogleina-1 (Dsg-1). Até hoje, quatro ETs da famíla das CLSPs têm sido identificadas em cepas de S. aureus. Os sorotipos mais comuns, ETA e ETB, estão associados ao SSSS em humanos. A ETD está relacionada a furúnculos e abscessos cutâneos, e a ETE foi encontrada em isolados de mastite de ovelha. Notavelmente, as ETs possuem uma cavidade oxianiônica inativa devido à conformação atípica do resíduo 192, de forma que não degradam diversos substratos peptídicos e não são afetadas por inibidores clássicos das CLSPs. Resultados prévios sugerem a ativação da cavidade oxianiônica antes da clivagem da Dsg-1, através de uma mudança conformacional do resíduo 192 após a interação das ETs com o substrato. O isolamento de cepas de S. aureus codificadoras das ETs com resistência a antibióticos torna necessária a busca de inibidores destas proteases como alternativa aos antibióticos tradicionais. Neste trabalho, combinaremos técnicas computacionais e experimentais para estudar características estruturais e mecanísticas das ETs cruciais para a descoberta de inibidores. Pretendemos construir modelos estruturais da Dsg-1 complexada com as ETs para entender detalhadamente o mecanismo de ativação destas enzimas em nível atômico. A mutagênese sítio-dirigida será usada para validar experimentalmente nossas predições. Ademais, realizaremos triagens virtuais de bibliotecas de oligopeptídeos e compostos no sítio ativo e potenciais cavidades alostéricas das ETs. Os melhores candidatos serão testados para identificar inibidores da degradação da Dsg-1 in vitro, e empregaremos a difração de raios X para obter informação estrutural sobre a interação das ETs com as moléculas mais promissoras. Enfim, esperamos responder questões não resolvidas sobre a atividade das ETs e identificar moléculas que previnam os efeitos prejudiciais dessas toxinas na saúde animal e humana. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HERNANDEZ GONZALEZ, JORGE ENRIQUE; SALAS-SARDUY, EMIR; HERNANDEZ ALVAREZ, LILIAN; BARRETO GOMES, DIEGO ENRY; PASCUTTI, PEDRO GERALDO; OOSTENBRINK, CHRIS; LEITE, VITOR B. P. In silico identification of noncompetitive inhibitors targeting an uncharacterized allosteric site of falcipain-2. Journal of Computer-Aided Molecular Design, v. 35, n. 10, p. 1067-1079, OCT 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.