Busca avançada
Ano de início
Entree

Síndrome de Down na COVID-19: um estudo observacional do primeiro ano da pandemia no Brasil

Processo: 21/05810-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Fernando Augusto de Lima Marson
Beneficiário:Matheus Negri Boschiero
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Auxílio(s) vinculado(s):21/14118-0 - Opioides na COVID-19: dois lados da mesma moeda, PUB.ART
Assunto(s):Síndrome de Down   Comorbidade   Fatores de risco   Estudos de coortes   Infecções por Coronavirus   SARS-CoV-2   COVID-19

Resumo

Poucos estudos descreveram que a COVID-19 em pacientes com a Síndrome de Down (SD) está associada ao maior tempo de intubação e com taxas mais elevadas de mortalidade, todavia, a maior parte destes estudos possui suas conclusões baseadas em um baixo tamanho amostral. Neste contexto, decorrente ao baixo tamanho amostral, o real impacto que a COVID-19 tem em pacientes com SD ainda precisa ser melhor esclarecido. Portanto, o objetivo primário do presente estudo é avaliar, em uma coorte do Brasil, o risco de óbito em pacientes com a SD e a COVID-19 em comparação com outros grupos de pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) devido à COVID-19 ou outros agentes etiológicos. Métodos: No estudo será realizada a análise epidemiológica de marcadores disponíveis no OpenDataSUS de pacientes que foram diagnosticados com a SRAG no período entre março de 2020 a março de 2021, ou seja, um ano de pandemia da COVID-19. Os participantes do estudo serão divididos em 4 grupos: (G1) participantes com o diagnóstico de SD e que foram positivos para a COVID-19; (G2) participantes com o diagnóstico de SD e que não foram positivos para a COVID-19 (SRAG decorrente de outros fatores etiológicos que não a infecção pelo SARS-CoV-2); (G3) participantes com a COVID-19 e sem a SD e/ou outras comorbidades; (G4) participantes com o diagnóstico de SRAG decorrente de outros fatores etiológicos que não a infecção pelo SARS-CoV-2 e que não tenham diagnóstico de SD e/ou outras comorbidades. No estudo, o desfecho primário será a análise da mortalidade entre os diferentes grupos descritos e os secundários serão: (i) análise da mortalidade de acordo com a necessidade de ventilação mecânica invasiva (VMI), hospitalização e de internação em unidade de terapia intensiva (UTI) para os diferentes grupos avaliados; (ii) análise do perfil de sintomas clínicos entre os grupos G1 e G2 - descrever como a COVID-19 pode diferenciar a apresentação clínica em relação a SRAG por outros fatores na SD; (iii) análise do perfil de sintomas clínicos entre os grupos G1 e G3 - descrever como os pacientes com SD são responsivos em sintomatologia se comparados com os demais pacientes com a COVID-19; e finalmente, (iv) comparar entre os indivíduos do G1 a prevalência de sintomas e de comorbidades de acordo com o desfecho (morte e recuperação clínica) com o intuito de denotar a presença de marcadores clínicos (sintomas e morbidades) com o risco relativo de óbito decorrente da infecção pelo SARS-CoV-2. Resultados esperados: Espera-se que: (i) pacientes do grupo G1 tenham piores desfechos (mortalidade, hospitalização, necessidade de VMI e internação em UTI) que dos outros grupos; (ii) seja possível diferenciar clinicamente G1 de G2, e que G1 tenha sintomas relacionados a pior gravidade; (iii) seja possível diferenciar clinicamente G1 de G3 e que G1 tenha sintomas relacionados a pior gravidade; e que (iv) seja possível predizer a mortalidade devido à COVID-19 em pacientes do G1 com base em sintomatologia clínica e prevalência de comorbidades. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOSCHIERO, MATHEUS NEGRI; DUARTE, AIRES; CAPASSO PALAMIM, CAMILA VANTINI; ALVAREZ, ALFONSO EDUARDO; MAUCH, RENAN MARRICHI; LIMA MARSON, FERNANDO AUGUSTO. requency of respiratory pathogens other than SARS-CoV-2 detected COVID-1. DIAGNOSTIC MICROBIOLOGY AND INFECTIOUS DISEASE, v. 102, n. 2 FEB 2022. Citações Web of Science: 0.
BOSCHIERO, MATHEUS NEGRI; CAPASSO PALAMIM, CAMILA VANTINI; LIMA MARSON, FERNANDO AUGUSTO. The hindrances to perform the COVID-19 vaccination in Brazil. HUMAN VACCINES & IMMUNOTHERAPEUTICS, v. 17, n. 11 AUG 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.