Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do treinamento físico associado a suplementação proteica sobre os parâmetros ósseos em idosos obesos sarcopênicos em restrição calórica: um ensaio clínico controlado e randomizado

Processo: 20/07540-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Hamilton Augusto Roschel da Silva
Beneficiário:Gersiel Nascimento de Oliveira Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Exercício físico   Osso e ossos   Idosos   Sarcopenia   Obesidade   Restrição calórica   Proteínas   Ensaio clínico controlado aleatório

Resumo

A redução do conteúdo e/ou da integridade óssea é inerente ao processo de envelhecimento. Entretanto algumas comorbidades podem acelerar este declínio. A este respeito, a junção da Obesidade com a Sarcopenia (i.e. Obesidade Sarcopênica) potencializa essa redução. Uma estratégia amplamente utilizada para o tratamento da Obesidade é a restrição calórica. Entretanto ela gera consequências negativas no tecido ósseo, ressaltando a necessidade do desenvolvimento de outras estratégias auxiliares a ela. Uma importante contramedida para atenuar essas alterações é o treinamento de força, associado ou não ao treinamento aeróbico (i.e. Treinamento Combinado, TC). Embora o TC seja eficaz, ele gera apenas uma atenuação da redução da massa óssea em indivíduos submetidos a um programa de restrição calórica. Deste modo, emerge a necessidade de estratégias complementares ao TC. Devido ao papel fundamental da ingestão proteica sobre a massa óssea, tem sido sugerido que a suplementação de proteínas pode contribuir positivamente para a atenuação do declínio da massa óssea durante a restrição calórica. Porém, seu efeito aditivo ao TC sobre a massa óssea permanece incerto. Assim, este projeto pretende investigar se a suplementação proteica gera um efeito adicional ao TC sobre a manutenção da massa óssea em obesos sarcopênicos em um programa de restrição calórica. Sendo assim, 60 idosos obesos sarcopênicos serão aleatoriamente divididos em 3 grupos: 1) TC com restrição calórica e suplementação de proteínas (n=20); 2) TC com restrição calórica e suplementação de placebo (n=20); 3) Grupo controle (sem exercício) (n=20). A avaliação da densidade mineral óssea, dos parâmetros da microarquitetura óssea e os biomarcadores relacionados a remodelação óssea (i.e. marcadores de formação e de reabsorção) serão realizadas no momento inicial e após 16 semanas de intervenção. Modelos mistos para medidas repetidas serão empregados para examinar os efeitos da intervenção. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LONGOBARDI, IGOR; DO PRADO, DANILO MARCELO LEITE; GOESSLER, KARLA FABIANA; DE OLIVEIRA JUNIOR, GERSIEL NASCIMENTO; DE ANDRADE, DANIELI CASTRO OLIVEIRA; GUALANO, BRUNO; ROSCHEL, HAMILTON. enefits of Home-Based Exercise Training Following Critical SARS-CoV-2 Infection: A Case Repor. FRONTIERS IN SPORTS AND ACTIVE LIVING, v. 3, . (20/07540-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.