Busca avançada
Ano de início
Entree

A reprodução da desigualdade no nível de rua: processos de categorização estereotipada operados por docentes

Processo: 20/15430-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração Pública
Pesquisador responsável:Gabriela Spanghero Lotta
Beneficiário:Gabriela Thomazinho Clementino Sampaio
Instituição-sede: Escola de Administração de Empresas (EAESP). Fundação Getúlio Vargas (FGV). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Desigualdade educacional

Resumo

Esta pesquisa pretende contribuir com a compreensão da reprodução da desigualdade escolar pela investigação de como se formam padrões de categorizações estereotipadas de professores sobre seus alunos. A base teórica utilizada será a de burocracia de nível de rua, a qual traz importantes aportes sobre como condições de trabalho, fatores organizacionais e características individuais condicionam a discricionariedade de profissionais implementadores de políticas públicas. Os burocratas realizam um processo de categorização com cada cidadão que encontram, categorização que pode ser baseada em categorias sociais estereotipadas, e gerar decisões baseadas nestes estereótipos. Iremos investigar quais fatores individuais, organizacionais e institucionais guiam o processo de categorização de um burocrata de nível de rua específico: os professores. Além de revisão teórica, será realizado estudo de caso com professores que atuam em diferentes contextos organizacionais e institucionais, de modo que esta variabilidade permita revelar se processos de categorização estereotipada são mais frequentes com alguns perfis de professores e contextos específicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)