Busca avançada
Ano de início
Entree

Famílias de mães lésbicas, pais gays e suas/seus filhas(os): um estudo longitudinal e psicanalítico

Processo: 20/11875-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Isabel Cristina Gomes
Beneficiário:Mário Augusto Tombolato
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):21/10713-0 - Estresse de minoria e saúde mental em famílias de pais gays, mães lésbicas e seus/suas filhos(as), BE.EP.PD
Assunto(s):Psicanálise   Família (psicologia)   Homossexualidade   Homoparentalidade   Relações familiares   Pluralidade

Resumo

A partir da trajetória sociocultural e política da constituição da entidade familiar, assiste-se a um aumento da visibilidade de famílias configuradas por casais do mesmo sexo/gênero e seus/suas filhos(as). No Brasil, trata-se de uma realidade recente e permeada de polêmicas. Com isso, é relevante conhecer e acompanhar como essas famílias têm constituído suas vivências familiares e sociais. Este projeto tem por objetivo analisar a dinâmica familiar de quatro casais do mesmo sexo/gênero e suas/seus filhas(os), que participaram de um estudo conduzido pelo pesquisador há quatro anos e serão novamente entrevistados. Logo, pretende-se conhecer os processos e manutenções das relações conjugais e materno/paterno-filiais desse período, incluindo as experiências decorrentes da pandemia de COVID-19. Trata-se de uma pesquisa qualitativa longitudinal, fundamentada pelo referencial teórico da Psicanálise de Casal e Família, utilizando-se o método clínico-qualitativo. As técnicas para coleta são: formulário de identificação dos(as) participantes, entrevista semiestruturada e mapa da família. Os dados serão gravados, transcritos e analisados a partir do referencial teórico. A dinâmica das relações familiares é influenciada pelos fatores culturais, sociais, econômicos, assim como pelas particularidades do momento do processo civilizatório no qual se inserem. Desse modo, a produção e divulgação de pesquisas nessa área poderá fornecer subsídios para ampliar e compor conhecimentos nos âmbitos social, político e científico para a legitimação e acolhimento da pluralidade de estruturas familiares existentes na contemporaneidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)