Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de dose subletal do herbicida glifosato na expressão de genes da família Major Royal Jelly Proteins (MRJPs) de abelhas Apis mellifera L. na fase de nutrizes

Processo: 21/00658-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Ricardo de Oliveira Orsi
Beneficiário:Giovanna do Prado Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Apicultura   Abelhas   Apis mellifica   Geleia real   Agroquímicos   Glifosato   Análise genética animal   Expressão gênica

Resumo

O uso de agroquímicos tem sido apontado como um dos fatores responsáveis por alterações comportamentais e desaparecimento das abelhas Apis mellifera ao redor do mundo, trazendo grandes prejuízos aos apiários comerciais e serviços de polinização, tanto de áreas nativas quando de culturas de interesse comercial. O glifosato é um dos herbicidas mais usados mundialmente, atuando sobre a atividade enzimática e inibindo o metabolismo de aminoácidos das plantas. Seu uso no ambiente pode levar esse agroquímico para dentro da colmeia, que em dose subletal, pode permanecer armazenado por longos períodos, até que os recursos sejam utilizados pelas abelhas, gerando impacto negativo para a colônia. O efeito de dose subletal (ou seja, pequenas doses que não promovem efeito imediato nas abelhas, mas que podem permanecer por longo período de tempo na colônia, afetando sua sobrevivência em longo prazo) recebe pouca atenção em comparação com a dose letal. Esses agroquímicos, uma vez ingeridos pelas abelhas também podem exercer influência sobre as glândulas hipofaringeanas, relacionadas com a produção de geleia real e afetar a expressão da Major Royal Jelly Proteins (MRJPs), que representam 82% do total das proteínas hidrossolúveis e cerca de 90% do total de proteínas da geleia real. A MRJP1 e a MRJP5 são consideradas as reservas biológicas de nitrogênio e aminoácido para o rápido desenvolvimento das larvas. Portanto, a hipótese da presente proposta é verificar se herbicida Glifosato, em dose subletal, afeta a expressão de genes MRJP1 e MRJP5 em abelhas com seis dias de idade, na fase de nutrizes. Para isso, oito colônias de abelhas A. melífera serão submetidas ao fornecimento de xarope contendo dose subletal do herbicida glifosato, durante de seis dias. Após, abelhas na fase de nutrizes (seis dias de vida), previamente marcadas, serão colhidas para a análise da expressão dos genes, utilizando-se o gene rp49 como controle. Serão avaliados também a mortalidade das abelhas e o desenvolvimento populacional. Os resultados da mortalidade e desenvolvimento populacional serão analisados por meio da Análise de Variância (ANOVA) seguida do teste de Tukey para comparação de médias. Os resultados da análise da expressão gênica serão comparados pelo teste de Kruskal-Wallis, com teste post hoc de Dunn Em todos os testes, os resultados serão considerados estatisticamente diferentes quando P<0,05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)