Busca avançada
Ano de início
Entree

A hipótese do amplifier host na epidemiologia do Mosaico Dourado do tomateiro, causado pelo Tomato Severe Rugose Virus (ToSRV): comprovação experimental e determinação das condições de ocorrência

Processo: 20/05563-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Jorge Alberto Marques Rezende
Beneficiário:Vinicius Henrique Bello
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/18274-3 - Begomovirus e crinivirus em solanáceas: epidemiologia molecular regional e alternativas sustentáveis de manejo integrado, AP.TEM
Assunto(s):Vírus de plantas   Tomateiro   Begomovirus   Mosca-branca   Soja   Manejo integrado de pragas   Tomate   Feijoeiro

Resumo

O Tomato Severe Rugose Virus (ToSRV) é o begomovirus predominante que afeta tomateiros no Brasil. O ToSRV é transmitido pelo aleirodídeo (mosca-branca) Bemisia tabaci MEAM1 de maneira persistente circulativa. Quando em alta incidência, as perdas causadas pelo begomovirus podem chegar a 100%. A utilização frequente de inseticida é a principal medida de controle das populações do vetor presentes na área, porém incapaz de impedir a disseminação primária do vírus, ou seja, a infecção causada pela migração de adultos virulíferos provenientes de fontes externas de inóculo. Altas incidências recorrentes e localizadas de ToSRV conduziram à formulação da hipótese da existência de hospedeiros amplificadores ("amplifier hosts") nesse patossistema. Estes ocorrem em alta densidade perto da cultura-alvo, em local/época específicos e são hospedeiros do vírus e de seu vetor, fornecendo a força de infecção necessária para que as epidemias ocorram. O relato recente do ToSRV infectando feijoeiro e soja, bem como a constatação de alta infecção de tomateiros com o ToSRV em plantações próximas de plantas de soja infectadas com o begomovirus, fortalecem a hipótese da ocorrência e da importância epidemiológica do "amplifier host". Este trabalho tem como principais objetivos a comprovação experimental e a caracterização das condições de ocorrência do hospedeiro amplificador no patossistema tomateiro-ToSRV, visando fornecer subsídios para medidas de manejo da doença. Objetivos específicos para subsidiar o estudo acima serão: identificar e caracterizar molecularmente isolados de ToSRV provenientes de diferentes regiões do País; analisar a suscetibilidade de genótipos de soja e de feijoeiro aos diferentes isolados do ToSRV e analisar o efeito do estádio fenológico das plantas de soja e de feijoeiro na suscetibilidade à infecção com o ToSRV. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)