Busca avançada
Ano de início
Entree

Indicadores eletromiográficos e de neuroimagem funcional associados a processos inibitórios em jovens adultos com TDAH

Processo: 19/21773-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Cognitiva
Pesquisador responsável:Luiz Renato Rodrigues Carreiro
Beneficiário:Armando dos Santos Afonso Junior
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Adultos   Eletromiografia   Inibição   Neuroimagem funcional

Resumo

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é um transtorno do neurodesenvolvimento de alta prevalência, que afeta não só a população infantil, mas também a população adulta. Barkley propôs um modelo teórico influente que descreve os prejuízos cognitivos no âmbito das funções inibitórias e que estão associados também ao TDAH. Ele destaca déficits em três funções inibitórias (inibição de respostas dominantes, inibição de uma resposta em andamento e controle de interferências) como sendo central para os prejuízos nas funções executivas associados ao transtorno. Nesse contexto, o atual projeto pretende investigar os mecanismos envolvidos nessas três funções inibitórias em jovens adultos com TDAH, através da análise do desempenho em testes computadorizados que combinam as tarefas Stroop-pareado e stop-signal. As variáveis das tarefas serão analisadas em conjunto com medidas fisiológicas, incluindo a eletromiografia e a espectroscopia funcional em infravermelho próximo, esta última já tendo demonstrado hipoativação cortical em indivíduos com TDAH durante tarefas inibitórias. Por fim, também serão utilizadas medidas de autorrelato de impulsividade (BIS-11 e UPPS) e de prejuízos executivos (BDEFS). Buscaremos diferenças entre grupo controle e grupo clínico (TDAH) no desempenho e nas ativações fisiológicas em diferentes condições da tarefa, considerando também o relato de impulsividade e prejuízos executivos. É esperado que indivíduos com TDAH com maior relato de impulsividade e de prejuízos executivos apresentem pior desempenho nas tarefas inibitórias e padrões distintos de atividades fisiológicas. Também é nosso objetivo investigar os mecanismos cognitivos e fisiológicos envolvidos no transtorno, contribuindo para teorias e modelos que buscam caracterizar diferentes manifestações do TDAH.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)