Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da modulação de EZH2/PRC2 no câncer de tiroide agressivo

Processo: 21/01674-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Cesar Seigi Fuziwara
Beneficiário:Diego Claro de Mello
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/17282-5 - Controle transcricional e pós-transcricional no câncer agressivo e metástase, AP.JP
Assunto(s):Oncologia   Invasividade neoplásica   Neoplasias da glândula tireoide   Proteína 9 associada à CRISPR   Repetições palindrômicas curtas agrupadas e regularmente espaçadas   Diferenciação celular   Edição de RNA

Resumo

O carcinoma anaplásico da tiroide (ATC) é o câncer endócrino mais agressivo e fatal. Devido a perda de diferenciação tiroidiana, o ATC não capta o iodo, e assim, não responde à radioiodoterapia. Dentre as principais alterações genéticas envolvidas com a patogênese do ATC estão a mutação em MAPK, inativação de TP53 e mutações no promotor TERT. No entanto, alterações moleculares adicionais podem contribuir para a agressividade e desdiferenciação do ATC. Nesse contexto, o complexo polycomb EZH2/PRC2, que age no silenciamento gênico através de modificações nas histonas, é uma via em potencial que está superexpressa em diferentes tipos de câncer, incluindo o ATC. Além disso, RNAs regulatórios, como microRNAs e RNAs longos não-codificantes, regulam a função de EZH2 e também estão desregulados no ATC. Sendo assim, este projeto tem como objetivo entender o papel do complexo EZH2/ PRC2 no carcinoma agressivo da tiroide, utilizando a metodologia de edição gênica via CRISPR/Cas9 para promover o a perda de função do gene humano de EZH2. Ensaios in vitro, como proliferação, viabilidade, apoptose, invasão e migração celular, bem como ensaios in vivo em camundongos, serão realizados após a construção de plasmídeo Cas9 + sgRNA EZH2 e a sua transfecção em linhagens celulares de ATC, a fim de promover o a edição gênica de EZH2. Com isso, esperamos que este estudo possa contribuir para um melhor entendimento da biologia do câncer agressivo de tiroide. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)