Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação simultânea dos métodos de traços de fissão e U-Pb em zircão: geotermocronologia dos grupos Canastra, Araxá e Bambuí na porção Sul da Faixa Brasília

Processo: 20/13514-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Tello Sáenz
Beneficiário:Marcio Fernando dos Santos Albuquerque
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Geocronologia   Termocronologia   Traços de fissão   Cráton São Francisco   Neoproterozoico   Minas Gerais

Resumo

No segmento Sul da Faixa Brasília, onde afloram os grupos Araxá, Canastra e Bambuí, serão realizadas análises geotermocronológicas. Nesta região, trabalhos prévios que combinaram simultaneamente os métodos de traços de fissão (TFZ) e U-Pb em zircão, foram realizados pelo Grupo de Geocronologia da UNESP de Presidente Prudente. As idades de traços de fissão obtidas em grãos de zircão dos grupos Araxá (~ 330 Ma), Canastra (~ 500 Ma) e do Maciço Piumhi (~ 700 Ma) aumentam em direção ao Craton do São Francisco. As idades de TFZ estão relacionadas à temperatura e exumação de cada uma dessas unidades, enquanto as idades U-Pb variam entre 3,2 e 1,6 Ga indicando diferentes fontes de proveniência (principalmente de rochas metassedimentares do Craton São Francisco-Congo) na evolução da Faixa Brasília. Este projeto complementará o conhecimento geotermocronológico da parte Sul da Faixa Brasília, para isto, serão analisadas mais 30 amostras, que serão datadas via TFZ e U-Pb. De cada amostra, no mínimo 40 grãos de zircão serão utilizados para ambos métodos. As idades U-Pb em zircão (com temperatura de fechamento de ~ 900°C) serão obtidas por sistema de Laser Ablation acoplado a um espectrômetro de massa (ICP-MS). As idades TFZ fornecerão a idade de resfriamento (tempo da passagem da amostra pela isoterma de 240°C). Assim, os resultados a serem obtidos permitirão detalhar a evolução térmica e tectônica da área de estudo, além de relacionar as idades adquiridas e perfis de resfriamento das amostras com estudos geológicos e termo-tectônicos já realizados pela comunidade científica nessa área. Este projeto, também permitirá aprimorar as rotinas metodológicas de TF e U-Pb em grãos de zircão com alto, meio e baixo grau de metamorfismo. Isso será realizado via MEV, microssonda eletrônica e micro-Raman e, assim, dar prosseguimento a rotina do Laboratório de Traços de Fissão do Grupo DETRAN do DF/FCT-UNESP, campus Presidente Prudente. Por fim, o plano BEPE (Bolsa de estágio de pesquisa no exterior) com previsão de ser realizado Dalhousie University (Halifax, Canadá) para a datação por U-Th/He em zircão (5 amostras, 10 alíquotas por amostra) está anexado no item "outros documentos". (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)