Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel de genes reguladores da proliferação celular na metástase dos linfonodos cervicais de microcarcinomas e carcinomas papilíferos de tireóide

Processo: 20/14870-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2021
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Renata de Azevedo Canevari
Beneficiário:João Vitor Alcântara da Costa
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Genética médica   Câncer papilífero da tireoide   Metástase   Linfonodos   Expressão gênica   Proliferação celular   Diagnóstico clínico   Biópsia por agulha fina   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)

Resumo

O câncer de tireoide é a neoplasia caracterizada como a mais comum a acometer o sistema endócrino, e a que mais tem crescido nas últimas décadas. O carcinoma papilífero de tireoide (CPT), e os microcarcinomas papilíferos de tireoide (MCPT) são os mais incidentes e apesar do bom prognóstico, em alguns casos podem ser agressivos, podendo causar acometimentos linfonodais e metástases à distância. O diagnóstico desses tumores é realizado por meio da avaliação física do paciente, ultrassonografia e punção aspirativa por agulha fina (PAAF), sendo esta última considerada a técnica padrão ouro. Entretanto, muitas análises pela PAAF possuem diagnósticos inconclusivos, fazendo com que os pacientes sejam submetidos à cirurgia de ressecção do tumor sem necessidade. A análise de marcadores moleculares preditivos por meio da detecção de alterações na expressão de genes no tumor primário pode ser uma importante ferramenta utilizada em rotina clínica, pois pode indicar a maior probabilidade do surgimento em metástases nos linfonodos cervicais. Os genes PHB, BAD e PAXIP1, envolvidos em diversos mecanismos à nível celular, tais como regulação da proliferação celular, tem sido descrito no processo de metástase de vários tumores humanos. O objetivo deste estudo consiste em analisar a expressão desses genes pela técnica de PCR quantitativa em tempo real (RT-qPCR) em tumores primários de CPT e em MCPT com e sem acometimento de linfonodos para avaliar se estão relacionados ao desenvolvimento destes carcinomas e se podem ser considerados marcadores moleculares preditivos. Espera-se que o resultado obtido possa auxiliar na compreensão do perfil genético no desenvolvimento dos CPT e da metástase linfonodal e consequentemente no prognóstico destes tumores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)