Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da regulação dos transportadores de ferro e heme na interface Leishmania-hospedeiro: efeito da deficiência em ferro na virulência de Leishmania (L.) amazonensis

Processo: 21/03355-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Maria Fernanda Laranjeira da Silva
Beneficiário:Ahyun Hong
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/23933-3 - Identificação e caracterização de proteínas de membrana envolvidas no transporte e metabolismo de ferro em Leishmania, AP.JP
Assunto(s):Biologia molecular   Leishmaniose   Leishmania mexicana   Interações hospedeiro-parasita   Ferro   Heme   Deficiência de ferro   Virulência   Progressão da doença

Resumo

As Leishmanioses, um espectro de doenças causadas pelos protozoários do gênero Leishmania, afetam milhões de pessoas em todo o mundo. Durante a infecção, a disponibilidade de nutrientes nos vacúolos parasitóforos é conhecida por influenciar a replicação e virulência do parasita. Esse processo requer a aquisição de nutrientes essenciais como ferro e heme do hospedeiro, uma vez que Leishmania não possui proteínas de armazenamento de ferro e não possui capacidade de biossíntese de heme. Além disso, ferro e heme podem ser citotóxicos, pois desencadeiam a geração de radicais livres na presença de oxigênio. Portanto, o parasita deve adquirir heme e ferro para sobreviver em um ambiente hostil que restringe a disponibilidade de nutrientes ao patógeno, processo denominado imunidade nutricional. A identificação de várias proteínas que participam do transporte de ferro e heme foi fundamental para o entendimento dessas vias metabólicas em Leishmania, e a perda de um ou de ambos os alelos desses transportadores causam graves defeitos na diferenciação e/ou multiplicação desses parasitas no hospedeiro. O objetivo deste projeto é investigar a regulação cruzada entre os transportadores de ferro e heme, LIT1 e LHR1, e se o crescimento e a virulência da Leishmania são inextricavelmente dependentes dos níveis de ferro e heme do hospedeiro, elucidando a importância dos níveis de ferro e heme do hospedeiro para a progressão da infecção. Este projeto permitirá um melhor entendimento dos mecanismos de interação Leishmania-hospedeiro relacionados às vias de metabolismo de ferro e heme, em nível celular e sistêmico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)