Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de materiais de alto desempenho à base de bambu através de processo de densificação

Processo: 21/03704-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Marzieh Kadivar
Beneficiário:Marzieh Kadivar
Empresa:Marzieh Kadivar
CNAE: Fabricação de madeira laminada e de chapas de madeira compensada, prensada e aglomerada
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Vinculado ao auxílio:20/00827-6 - Desenvolvimento de materiais de alto desempenho à base de bambu através de processo de densificação, AP.PIPE
Assunto(s):Bambu   Desenvolvimento de novos materiais   Durabilidade   Propriedades mecânicas

Resumo

A Bambuild será uma empresa startup de consultoria focada em atender as necessidades abrangentes de empresas de bambu em termos de tecnologia e otimização de energia. Com uma equipe principal de profissionais experientes e uma abordagem de equipe, a Bambuild poderá oferecer serviços estratégicos, inovadores e de alta qualidade. Existem muitos proprietários de terras no Brasil com bambu, atualmente não sendo utilizadas. A obtenção de produtos de alto desempenho a partir de espécies locais de bambu de rápido crescimento pode trazer benefícios econômicos. Um desses benefícios será fornecer uma via lucrativa de receita para estes proprietários. O objetivo deste projeto é a produção de materiais de alto desempenho (bambu densificado) a partir de bambu natural, usando uma nova abordagem para produzir três produtos diferentes que ainda não estão disponíveis no mercado. Nossa tecnologia em relação a diversas aplicações, pretende maximizar a utilização do material, melhorar a durabilidade, a estabilidade dimensional e as propriedades mecânicas. Além desses três produtos principais, haverá três produtos secundários, incluindo painéis particulados de bambu e dois tipos de laminados. Esses subprodutos são fabricados de maneira a minimizar a quantidade de desperdício e maximizar a capacidade de uso. Para atingir esse objetivo e iniciar o negócio, alguns desafios e perguntas precisam ser respondidos: Existe bambu suficiente disponível para uma pequena unidade de produção? Onde estão localizadas as plantações de bambu? Quanto está disponível? Esta análise irá revelar quais espécies estariam prontamente disponíveis para uso. Embora seja relatado que grandes quantidades de bambu são plantadas no Brasil, não há um estudo abrangente sobre quantidade e distribuição e a maior parte do bambu disponível em regiões florestais não gerenciadas não é acessível. Esse problema vem influenciando o sucesso de novas empresas que contam com fluxo consolidado e estável de matérias-primas, com preço previsível no mercado. O segundo problema é sobre o processo. Qual é o processo melhor ou mais apropriado para a densificação do bambu? Espécies amplamente disponíveis no Brasil, mais especificamente no estado de São Paulo, como Bambusa vulgaris, Dendrocalamus asper, Phyllostachys pubescens e Bambusa tuldoides podem ser usadas para o objetivo principal deste projeto. O mercado está pronto para aceitar esse tipo de produto? Quanto investimento é necessário em cada etapa do negócio? Esta proposta PIPE pode ajudar a responder a essas perguntas para avaliar riscos financeiros e de mercado no projeto, além de possibilitar as análises de viabilidade técnica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)