Busca avançada
Ano de início
Entree

A "Conquista" Do Paraguai: Análise da relação hispano-guarani nos anos iniciais de Assunção (1537-1556)

Processo: 19/27357-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:José Carlos Vilardaga
Beneficiário:José Alberto dos Santos Junior
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):Guarani   América Colonial

Resumo

O presente projeto de pesquisa busca estudar como a relação hispano-guarani se deu nos anos iniciais de Assunção, partindo de sua fundação (1537) até o fim do segundo governo de Domingo Martínez de Irala (1556). O principal objetivo é questionar a ideia de que ocorreu uma "conquista" espanhola efetiva sobre a região e sobre os Guarani, analisando as alianças estabelecidas entre espanhóis e essa população indígena, o que teria sido primordial para o estabelecimento dos europeus no local. Busca-se enfatizar a agência indígena e a sua importância na fundação e consolidação de Assunção, levando em consideração a assimetria dessa relação e suas consequências, a fim de reconhecer o Guarani como agente histórico e político de seu tempo. Este projeto baseia-se na Etno-história, História Indígena e na Nova História da Conquista, também busca dialogar com a Etnografia, Antropologia e outras áreas do conhecimento social e histórico, além de trazer uma crítica para uma historiografia de caráter excludente, que aborda o indígena Guarani como uma vítima da "Conquista" ou aliado fiel dos espanhóis, o apagando gradativamente da História e invisibilizando a sua importância neste período.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)